APIs — Integração no Varejo

APIs — Integração no Varejo

Observamos nessa última década uma mudança de paradigma, principalmente na forma como grandes corporações fazem negócios, integrando plataformas e sistemas para criarem experiências inovadoras aos seus clientes. 

Utilizam-se da tecnologia, que é a matriz de valor. Ela é o habilitador responsável por conectar vendedores e compradores, desde o surgimento do e-commerce até a evolução que nos trouxe para os marketplaces (sites de varejo online que hospedam empresas menores).

Estamos em imersão nesse oceano azul de oportunidades, nos quais surgem diversas tecnologias que prometem aumentar a experiência, o reconhecimento, a percepção e o favorecimento da marca. Somos impulsionados para um futuro certamente desafiador. 

Para que seja possível crescer de forma sustentável, mantendo-se competitivo em um ambiente tão volátil e disputado quanto o do e-commerce, é necessário uma mudança de mindset.  

É fundamental que os gestores estejam atentos, compreendendo em qual contexto tecnológico estão inseridos e onde desejam chegar.

Para isso acontecer da melhor forma possível, é fundamental que se tenha objetivos estratégicos alinhados com toda a área de TI, para que eles possam atuar com maior sinergia e velocidade que o mercado demanda.

Nesse sentido, um dos principais pontos que merecem ser destacados é como esses profissionais estão potencializando o setor de e-commerce, trazendo avanços revolucionários, utilizando tecnologias de ponta (Machine Learning, Inteligência artificial, BI). Seja através da integração de canais aplicando sistemas que melhoram a gestão logística, deixando o fluxo menos complexo, mais rápido e menos oneroso ou melhorando a eficiência de todo setor. 

Entretanto, uma tecnologia que vem ajudando a potencializar negócios nos e-commerces são as APIs. 

APIs em direção ao futuro

Por funcionarem como conectores que trazem maior eficiência e agilidade às integrações, as APIs fornecem uma visão bem macro dos indicadores de negócio de forma mais simples, expondo essas informações e beneficiando tanto quem as disponibiliza quanto quem as consome. 

Um exemplo prático é o modo como as experiências de comércio multicanal podem ser personalizadas com o toque da marca, gerenciadas e customizadas através da estrutura de API aberta, que possibilita maior rapidez e sucesso no negócio.  

Ela permite conectar sua loja de e-commerce com muitas plataformas de compras, fornecendo componentes de software que gerenciam as operações. 

A integração de APIs, permitirá que os profissionais usem todas suas funcionalidades, sem criar recursos do zero, expandindo seus negócios, criando ecossistemas e os conectando, a partir da integração de novos parceiros de negócio em diversos mercados. 

Vantagens da Integração da API nos e-commerces 

Os recursos oferecidos pelas APIs funcionam sem esforço excessivo. O processo de integração delas encantam seus usuários e, ao mesmo tempo, aumentam o envolvimento com uma infinidade de recursos oferecidos pelas mesmas. 

Para os profissionais de marketing, as APIs vêm cumprindo requisitos fundamentais, como organizar e automatizar operações básicas, — gerenciamento de remessas, pedidos, controle de estoque e muito mais. 

Ao automatizar vários processos, ganha-se em otimização de tempo, melhorando resultados financeiros e estreitando maiores laços com os clientes.

A integração da API é um catalisador e um termômetro responsável por impulsionar o desempenho de sua loja, aumentando a qualidade no serviço, tornando o desenvolvimento do seu negócio muito mais fácil. 

A partir de agora, vamos explorar os principais benefícios da integração da API de e-commerces. 

Melhora da funcionalidade:  

O ponto de partida aqui passa pela compreensão de como as APIs de e-commerce ajudam a equipe de desenvolvimento, transferindo informações úteis de um software para outro de forma ágil. 

Essas APIs permitem que os produtos de software enviem e recebam respostas em tempo real, através de dispositivos que verificam métricas de cancelamento, como taxa de churn ou estratégias de up sell, para aqueles clientes que já fazem parte da sua base. 

Importante salientar que essas APIs são responsáveis por traçarem novas estratégias para retenção de clientes, seja incrementando outros produtos com o desejado ou fornecendo descontos mais progressivos. 

Isso ajuda a antecipar prováveis erros, melhorando a funcionalidade de sua loja, além de simplificarem várias funções. 

Aumenta da segurança: 

Com a LGPD estabelecendo diretrizes, sobretudo na coleta, processamento e armazenamento de dados, proteger a informação dos clientes e itens confidenciais se tornou essencial.  

Seguindo as práticas recomendadas de segurança de API, é possível tornar o processo de realizar compras em um e-commerce seguro. A autenticação baseada em APIs ajuda a minimizar os riscos de violações de dados, impedindo que hackers acessem o back-end de um servidor e extraiam informações sigilosas de um cliente. 

Melhora da velocidade: 

Dispor de velocidade em compras online tornou-se um recurso indispensável, ainda mais quando nos deparamos com sites que oferecem uma diversidade de produtos. 

O uso de APIs facilita a atualização automática do inventário, permitindo que se forneça aos clientes experiências mais impactantes em suas jornadas de compra. 

Sincronização: 

Responsável por centralizar ações, melhorando operações comerciais e serviços, além do desempenho de cada loja. A integração permite a intersecção de plataformas e programas para atenderem as demandas que crescem exponencialmente para seus clientes.  

Esses insights são de suma importância para que se trace novas estratégias de retenção, direcionando o produto certo para a pessoa certa sem, perder o time.


Explorando 8 tipos de APIs de comércio eletrônico 

Existem centenas de APIs com vasto repertório, que atendem diversos requisitos de negócios, garantindo maior flexibilidade para seu negócio em várias circunstâncias.  

Por exemplo, supondo que você precise usar um software OMS para gestão de pedidos, ao invés de criar do zero, basta reaproveitar o que está desenvolvido e testá-lo. É só utilizar uma API e integrar o OMS à sua plataforma de e-commerce.  

De todo modo, você encontrará SaaS para muitas operações, desde APIs de remessa, gateways de pagamento, precificação, antifraude e APIs de mecanismos de recomendação. 

Disponibiliza-se aqui algumas APIs de e-commerce que vão ajudá-lo a aumentar sua eficiência operacional, para assim, sua loja conquistar maior capilaridade. 

API de recomendação 

Essas APIs vêm ganhando bastante notoriedade, aumentando as chances de obter maior escalabilidade nas vendas. Os grandes players do mercado como Alibaba, Amazon e Zappos já implantaram essas APIs em seus ecossistemas. 

O mecanismo de recomendação tem uma característica interessante: ele mostra apenas os produtos mais relevantes com base nos interesses dos clientes e no histórico de navegação. Isso aumenta a chance de o usuário permanecer mais tempo no site, fazendo mais compras. 

API de envios 

Pode ser considerada uma das APIs mais importantes para empresas de e-commerce, principalmente para ajudar a calcular, com precisão, a taxa de envio de um produto. A API de remessa automatiza o processo, permitindo que os clientes verifiquem a taxa de remessa no momento de finalização da compra.  

A API de envio facilita o processo de mapeamento, fornecendo números de rastreamento e etiquetas de envio que podem ser criadas automaticamente.  

A integração de API com empresas de transporte ajuda as lojas a automatizarem faturamentos, coletando detalhes de envio do produto, fornecendo um roadmap completo de toda jornada deste, trazendo uma visão bem analítica de relatórios desenvolvidos. 

API de gateway de pagamento 

Fornecer múltiplas opções de pagamento atende aos anseios dos clientes que desejam opções mais avançadas. Eles utilizam cartão de crédito, débito, Paypal, Stripe, 2CheckoutPicpay entre outros meios. 

As APIs de pagamento possibilitam que as lojas aceitem pagamentos por meio de vários desses portais (gateways), integrando-os de acordo com o portal existente em cada loja. 

API de catálogo 

Essa API tem uma funcionalidade interessante: sincroniza vários catálogos de produtos, mantendo o estoque atualizado. Além disso, oferece suporte em diversas categorias, produtos complexos, downloads e certificados de presente. 

Atuando como uma matriz de identificações do catálogo do produto, ela permite carregar seu inventário, configurando com sucesso pontos de extremidade e especificações de produtos. 

API de carrinho 

Quando se trata de lojas virtuais, uma das principais missões é diminuir ou reduzir a taxa de abandono de carrinho de compras. desenvolvendo estratégias inovadoras para melhorar a experiência do carrinho. 

Com a integração da API de carrinho, os proprietários de lojas enxergaram a possibilidade de traçarem estratégias hiper personalizadas aos seus clientes, graças aos dados que eles dispõem.

Esse banco de dados fornece insumos capazes de fazer seu negócio proliferar, seja por recomendações de produtos inteligentes ou tomada de decisões.  

API de multi moedas  

Uma API de conversão de moedas permite uma conversão instantânea para a moeda local do cliente. 

Ou seja, os clientes compram um produto em sua moeda local, criando regra para cada título, aumentando sua taxa de conversão, sem cobrança abusiva de taxa, de modo que o cálculo e as retenções são realizados na moeda padrão. 

Isso possibilita expandir e maximizar oportunidades de negócios, enviando pedidos para clientes internacionais, aumentando o lucro gradativamente. 

API de Login 

Uma API de login integra a conta do usuário da loja com seu sistema de login, fornecendo aos usuários a opção de fazer login por meio de seu software CMS ou sistema de login único que o mesmo optar. 

Um exemplo prático são as APIs de serviço de login que fornecem pontos de extremidade, para gerenciamento da sessão do usuário na nuvem de conversação do Cloud com o login do usuário, interligando login do aplicativo, logout e atualização. 

É possível usar esta API para fazer login no sistema de nuvem através de um usuário que tenha credenciais, ou utilizando um aplicativo com uma chave de API.

Depois de fazer login, você recebe um token de sessão, para usar em outras chamadas de API relacionadas. 

API de fornecedor terceirizado  

O termo pode soar um pouco estranho, mas essas APIs exercem um papel relevante, sobretudo porque são fornecidas por terceiros, geralmente empresas como Facebook, TwitterGoogle ou Paypal

Estas fornecem o acesso que permite ao usuário utilizar sua funcionalidade em seu site, via Javascript. Um dos exemplos mais conhecidos é o uso de APIs de mapeamento para exibir mapas personalizados em suas páginas. 

Além disso, essa API é importante para lojas que usam modelos de negócios de dropshipping e dependem de seus fornecedores para atendimento de pedidos. A integração da API do fornecedor elimina a necessidade de manuseio de pedidos.  

Ele busca automaticamente os detalhes do produto e os disponibiliza na loja para que os clientes possam fazer a compra facilmente. 

As empresas que desejam crescer e alcançar novos patamares de sucesso devem considerar implementar a integração de API para automatizarem processos, fornecendo experiências únicas aos seus usuários.  

Lembrando que essas APIs de integrações transformam todo contexto estratégico de um negócio de ponta a ponta: desde o core da companhia, suas verticais, jornadas e cultura organizacional. Além disso, aferem diretamente no business plan, levando o negócio a patamares nunca imaginados.


Quer escrever na Prensa?

Junte-se a uma comunidade de Creators que estão melhorando a internet com artigos inteligentes, relevantes e humanos. Além disso, seu artigo pode fazer parte do Projeto de Monetização, e você pode ganhar dinheiro com ele!

Clique aqui para se cadastrar e venha com a gente!


Topo