Almoço com Devs: Conectando seus clientes com cliques



Na 2ª Edição da série Almoço com Devs, Mathias Brem Garcia, Co-Founder & CDO - Rox Partner, Alexandre Strack, CEO da Mundo Exponencial e Fundador do BeNOCODER, Léo Andrade, criador de conteúdo e autor do livro "a revolução do Low-Code" e Felipe Bonel, product manager na Zenvia, conversam sobre como conectar seus clientes com cliques. 

 

Em um mundo tão digitalizado e dependente da internet, ter a capacidade de conectar múltiplos canais de comunicação, APIs, usuários finais e sistemas back-end, deixa de ser um sonho e torna-se uma necessidade. Com a transformação digital, diversas soluções surgiram para aprimorar e facilitar o processo de gestão na tecnologia. Tudo à distância de um "clique". 

Esse processo de transformar serviços em um clique exige uma boa gama de ferramentas que possam promover o bom funcionamento do sistema. Dito isso, a utilização de ferramentas como No-Code e Low-Code são essenciais.  

De forma resumida, tanto o Low-Code quanto o No-Code possuem como objetivo final aumentar a produtividade e a velocidade do desenvolvimento de softwares. Porém, existem pequenas diferenças entre os dois métodos. No nosso 1º Almoço com Devs, nossos especialistas comentaram sobre essas diferenças.

As duas ferramentas promovem produtividade e velocidade. Com isso, podemos concluir que a inclusão dessas interfaces dentro do sistema alcança uma gama de clientes ainda maior. Isto porque quando oferecemos aos usuários facilidades e sistemas que os atendam de forma simplificada, garantimos o retorno deles. 

Felipe Bonel, product manager na Zenvia, apresenta o workshop sobre como acelerar seu desenvolvimento a partir da interface Low-Code do Zenvia flow.  

O Zenvia flow é uma ferramenta capaz de criar chatbots, configurar URAs, programar réguas de comunicação, integrar softwares e canais de comunicação por meio de APIs, auxiliando na organização interna de sua empresa na comunicação com clientes. 

Alexandro Strack, Léo Andrade e Felipe Bonel, discutem em um bate papo moderado por Mathias Brem, as nuances das soluções tecnológicas, mostrando os impactos, os recursos necessários, as dificuldades enfrentadas, além das vantagens e desvantagens na utilização da ferramenta.

Alexandro Strack frisa que a utilização dessas ferramentas não precisa ser vista como algo negativo para os desenvolvedores, mesmo que muitos achem que essas interfaces substituem os profissionais. Para ele, os desenvolvedores devem enxergar as ferramentas como apoios para seus serviços, dessa forma, as organizações podem mover os profissionais para atividades expecíficas que demandam um corpo técnico.

 

Quer entender um pouco mais sobre o bate papo e aprender a configurar a interface do Zenvia Flow? Vem conferir o vídeo! 

Topo