Por que o Low-Code está mudando a vida dos desenvolvedores?

Por que o Low-Code está mudando a vida dos desenvolvedores?
Imagem de Chalermsuk Bootvises/Vecteezy

No passado, os programadores precisavam gastar muitas horas codificando um aplicativo ou software. Certamente, isso era demorado e, muitas vezes, gerava erros.

Hoje, com o advento das plataformas Low-Code, os desenvolvedores podem trabalhar mais rapidamente e com menos código. Sem dúvida, isso está mudando a vida desses profissionais, economizando tempo e tornando-os mais produtivos.

Neste artigo, exploraremos algumas das razões pelas quais o Low-Code está transformando a tecnologia. Continue lendo e saiba mais sobre o assunto.

Como a programação surgiu?

No início do século XIX, muitas tecnologias diferentes estavam sendo desenvolvidas, exigindo pessoas com conhecimento especializado para operá-las.

A princípio, o termo “programação” se referia a alguém que operava um tear, mas logo começou a ser utilizado por qualquer pessoa responsável pelo uso de máquinas.

Conforme a tecnologia progredia, a necessidade de indivíduos com conhecimento especializado aumentou. Então, durante a Revolução Industrial, as fábricas precisavam de pessoas para manter e reparar as máquinas essenciais para a produção. A partir disso, esses trabalhadores ficaram conhecidos como programadores.

Atualmente, o termo refere-se ao desenvolvimento de aplicativos de software. Porém, o significado original da palavra ainda é relevante; os programadores são aqueles com conhecimento especializado para fazer as máquinas funcionarem.

O que significa Low-Code?

Low-Code é uma nova metodologia que permite aos programadores criar protótipos de seus projetos de maneira mais rápida e funcional.

Em resumo, as plataformas Low-Code possibilitam a criação de softwares com menos necessidade de codificação e programação. Isto é, o Low-Code reduz custo e economiza tempo.

Existem muitas plataformas Low-Code disponíveis, cada uma com seus próprios pontos fortes e fracos. Algumas das mais populares incluem Zeev, OutSystems, e Appian.

Como o Low-Code ajuda os desenvolvedores?

Imagem de Genko Mono/Vecteezy

Há várias razões pelas quais o Low-Code está se tornando cada vez mais popular entre os programadores.

Por um lado, as ferramentas de baixo código facilitam para usuários não técnicos a criação de aplicativos simples sem a necessidade de entender linguagens de codificação complexas. Ou seja, as empresas podem começar a usar novas soluções de software com rapidez e facilidade.

Outra grande vantagem de usar ferramentas Low-Code é que elas geralmente vêm com modelos integrados e interfaces de arrastar e soltar. Dessa forma, simplificam até mesmo para programadores novatos a criação de aplicativos sofisticados sem nenhuma experiência prévia em codificação.

Além disso, o Low-Code fornece uma maneira mais fácil para o desenvolvimento de aplicativos personalizados. No passado, as empresas precisavam confiar em sistemas de terceiros, que nem sempre atendiam às suas necessidades. Então, com as plataformas Low-Code, é possível desenvolver aplicativos e softwares conforme a sua necessidade.

Por fim, o Low-Code está proporcionando mais flexibilidade e controle sobre o processo de desenvolvimento.

Aliás, também está oferecendo novas oportunidades para os programadores usarem suas habilidades de maneiras diferentes, permitindo maior criatividade e inovação.

Enquanto alguns podem ver isso como uma ameaça, outros veem isso como uma oportunidade de impactar suas vidas positivamente.

Quais os principais benefícios do Low-Code?

Imagem de fatmawatilauda70555/Vecteezy

Maior produtividade

As plataformas Low-Code tornam o trabalho dos desenvolvedores mais veloz e eficiente. Inclusive, um estudo mostrou que o uso de Low-Code pode aumentar a produtividade em até 10 vezes.

Automatizar processos

Com o Low-Code, os processos que antes eram manuais agora são automatizados. Por certo, favorece não apenas o trabalho do programador, mas também o desempenho da empresa como um todo.

Custos reduzidos

De fato, o Low-Code ajuda a reduzir os custos de projetos de desenvolvimento. Ou seja, como menos código é escrito, menos horas são gastas em codificação e depuração.

Flexibilidade

Quando se trata de fazer alterações ou adicionar novos recursos, as plataformas Low-Code oferecem essa flexibilidade. Por exemplo, se um código não é muito complexo e mais fácil de entender, os ajustes tornam-se mais simples.

Qualidade aprimorada

Como o Low-Code exige menos código para ser escrito, há menor espaço para erros. Assim, favorece uma qualidade aperfeiçoada no produto final.

Mais colaboração

Os programadores podem colaborar com analistas de negócios e outras partes interessadas com mais agilidade. Desse modo, o Low-Code garante maior participação dos profissionais desde o início do projeto até a conclusão.

Multiexperiência

Ademais, os desenvolvedores têm a oportunidade de criar aplicativos com uma melhor experiência para usuário. A propósito, o uso de ferramentas multiplataformas Low-Code permite a criação e implantação de interfaces intuitivas adaptadas a qualquer dispositivo.

O Low-Code é o futuro da programação?

Para os desenvolvedores, o Low-Code pode ser a realização de um sonho, pois facilita a parte mais “tediosa” da programação. Assim, possibilita a concentração nas partes do projeto pelas quais eles são mais apaixonados.

Com o Low-Code não há necessidade de configurações complicadas ou longas curvas de aprendizado. É fácil começar e, quando você estiver familiarizado com o básico, poderá criar coisas incríveis com rapidez e eficiência. As plataformas Low-Code também facilitam a colaboração com outras pessoas, pois são mais simples de ler e entender.

Em síntese, o Low-Code pode tornar grandes empresas mais eficientes e inovadoras, contribuindo para novas oportunidades.

Por isso, a tendência é que, nos próximos anos, o Low-Code beneficie tanto a vida das organizações quanto a carreira dos desenvolvedores.


Quer escrever na Prensa?

Junte-se a uma comunidade de Creators que estão melhorando a internet com artigos inteligentes, relevantes e humanos. Além disso, seu artigo pode fazer parte do Projeto de Monetização, e você pode ganhar dinheiro com ele!

Clique aqui para se cadastrar e venha com a gente!


Topo