Se você quer crescer na vida, fuja destas quatro categorias de pessoa

Se você quer crescer na vida, fuja destas quatro categorias de pessoa
Imagem do filme Flashdance

Todos nós temos um propósito na vida. A diferença é que alguns sabem disso e outros não. Todos nós nascemos para fazer algo que tenha a nossa cara. Pode ser no campo do trabalho, pode ser no campo das relações amorosas ou no da filantropia. Não importa. Quatro categorias de pessoas funcionam como obstáculos para a conquista de nossos objetivos mais preciosos e profundos. 

1. Pessoas pessimistas: às vezes, amamos e somos amados por alguém pessimista, mas não podemos permitir que esta ou estas pessoas, que enxergam o copo sempre meio vazio, influenciem em nossas decisões.

Os pessimistas são os fracassados natos. Eles fracassam, pois, nem tentam. Já definem que tudo dará errado para eles e para os outros. Escutar um pessimista é aceitar que não vale a pena lutar por nossos sonhos.  E uma vida sem sonhos é uma vida sem sentido. 

2. Pessoas aproveitadoras, que tentam sempre obter alguma vantagem sem darem nada em troca. Evite ao máximo pessoas que tentam crescer com a sua ajuda, mas sem darem nada delas. São os famosos parasitas, que vão se beneficiar com os seus conhecimentos e contatos, mas que jamais colocarão na roda seus próprios conhecimentos e contatos.

No mundo dos negócios, os aproveitadores aumentarão o "networking" por meio dos seus relacionamentos, mas o seu “networking” não será ampliado, pois, eles escondem tudo e todos que podem agregar valor à sua vida ou à sua empresa. Num nível mais grave, aproveitadores podem até mesmo roubar suas ideias, citar pensamentos seus, como se fossem deles, concretizar projetos seus com outras pessoas. 

3. Pessoas que sentem inveja de nós: é humano sentir inveja em alguns momentos. Porém, existem pessoas que alimentam a inveja e optam por conviver com aqueles que lhes despertam este sentimento, tentando mimetizar ou imitar o alvo da inveja, se tornando uma espécie de sombra ou cópia fajuta do invejado.

É natural nos inspiramos nas pessoas, mas copiá-las é bem diferente. O limite entre um admirador, que se inspira em nós e de um invejoso que nos copia é sutil, mas com um pouco de atenção é possível identificá-lo. Admiradores são sempre bem-vindos. Pessoas que tentam nos mimetizar podem gerar um profundo sentimento de angústia, pois eles tentam se apoderar da nossa personalidade. 

4. Pessoas egoicas: valorizar as próprias conquistas é saudável. Porém, algumas pessoas só conseguem enxergar brilho e valor naquilo que elas fazem, tentando transformar todos ao redor em meros coadjuvantes.

Muitas vezes, as pessoas disfarçam a sua inveja por meio do comportamento egoico. Nunca espere uma palavra de incentivo de um egoico. Num nível mais grave, egoicos podem dizer com as todas as letras que as suas conquistas são insignificantes. 


Quer escrever na Prensa?

Junte-se a uma comunidade de Creators que estão melhorando a internet com artigos inteligentes, relevantes e humanos. Além disso, seu artigo pode fazer parte do Projeto de Monetização, e você pode ganhar dinheiro com ele!

Clique aqui para se cadastrar e venha com a gente!


Topo