WhatsApp Pay, vale a pena?

WhatsApp Pay, vale a pena?

Imagem: Photo by Amin Moshrefi on Unsplash

O WhatsApp Pay, é uma função de transferência financeira que foi habilitada no Brasil há mais de 1 ano, quando fomos o 2º país no mundo a habilitar esse serviço, antes apenas a Índia fazia uso dele, mostrando a audaciosa vanguarda da tecnologia brasileira.

O Banco Central autorizou a operação de pagamentos por meio do aplicativo de mensagens do grupo Meta, que usará o Programa Facebook Pay, que funciona a partir de uma parceria com a Cielo, entretanto essa autorização é limitada.

O objetivo é baixar os custos de operações financeiras, o que vai na mesma pegada do PIX, mas apenas os usuários do WhatsApp normal podem transferir pela função débito. Já a versão Business poderá receber por crédito e débito, mas haverá taxação como veremos mais à frente.

Como Funciona?

O BC autorizou 2 grandes operadoras de cartões, a Visa e a Mastercard e uma empresa como Iniciador de Transações de Pagamentos que é a Facebook Pagamentos do Brasil Ltda.

Contudo, quem mais se deu bem com essa liberação foi a Cielo. Suas ações subiram, pois se espera que suas operações cresçam exponencialmente. Clientes e vendedores que desejarem fazer uso da nova função do mensageiro, precisarão se cadastrar junto à empresa via WhatsApp. O usuário precisa realizar a autenticação de um cartão de débito ou múltiplo para realizar os pagamentos, e tanto as pessoas como as empresas precisam se credenciar na plataforma da Cielo para receber.

Vantagens

Atualmente, quase todo mundo vende alguma coisa, e em se tratando de vendas, o momento faz a venda, é uma questão de oportunidade. Dependendo do produto e de sua utilidade e necessidade, a compra pode ser deixada para outra hora e com isso pode sequer vir a se realizar. O pagamento via WhatsApp tende a ser um auxiliador nesse sentido, pois o cliente poderá pagar na hora, consolidando a venda no ato!

Segundo relatório da Global Mobile Consumer Survey Brasil 2019, em pesquisa realizada pela Deloitte, 80% da população usa o app ao menos uma vez por hora. E cerca de 44% dos usuários de smartphones usam o aparelho como distração durante seu expediente de trabalho, mas em contrapartida 90% delas também o utilizam profissionalmente fora do horário de trabalho.

Portanto, se espera que essa opção seja mesmo um facilitador, já que os pagamentos funcionam full time, podendo serem realizados a qualquer hora do dia e a qualquer dia da semana, pelos 365 dias do ano! Como nem tudo são flores, vamos falar da parte que não contaram.

Desvantagens

Nada é de graça, portanto devemos ter atenção quanto às opções de pagamento a serem escolhidas. Isso porque as movimentações financeiras são taxadas pelas instituições promotoras, que é de onde sai o seu faturamento. Nesse caso, a Cielo é a única a gerir essa função em parceria com a Meta. E sendo assim, ela dita as regras.

Quem paga a conta?

Quem recebe. Ao fazer algum pagamento, quem envia está tranquilo, o fez sem custo, o empreendedor é quem arca com a taxa a exemplo do que acontece com as máquinas de cartão.

Apesar de não precisar de uma máquina de cartões, paga-se uma taxa de 3,99% por operação na função débito, que é considerada a mais alta do mercado. A própria Cielo tem uma taxa menor fora do WhatsApp, que é de 2,39%! Já no crédito a taxa acompanha o mercado, o que faz desse serviço uma boa opção.

Observação importante: apesar de aceitar o cartão de crédito e ter uma taxa menor que a do cartão de débito, ainda não é possível dividir as compras pelo app, limitando à modalidade de pagamento único. E outro detalhe é que só empresas podem receber via cartão de crédito, pessoas físicas não.

Porque ainda não Emplacou?

O sistema ainda é muito limitado. Além das desvantagens citadas, o limite máximo a ser transferido é R$1.000, por transação, mas apenas R$5.000 mensais! Já para receber, o limite são 20 transações por mês. Segundo o próprio Facebook Pagamentos do Brasil Ltda, esse limite se deve à segurança do usuário.

Vale lembrar que essas transações só podem ser feitas em reais e só em território nacional, afinal somos um dos pioneiros a ativar a função. E apenas os cartões dos seguintes bancos estão validados: 

Bradesco – Bandeira Visa;

Banco do Brasil – Bandeira Visa;

Banco Inter – Bandeira Mastercard;

Itaú – Bandeira Mastercard;

Mercado Pago – Bandeira Visa;

Banco Next – Bandeira Visa;

Nubank – Bandeira Mastercard;

Santander – Mastercard;

Sicredi – Bandeira Visa e Mastercard;

Woop (conta digital Sicredi) – Visa.

A lista pode e deve aumentar, mas isso depende do interesse das instituições bancárias. Basicamente, esse serviço oferecido não tem um apelo forte para que seu uso seja popularizado, porém, conforme o BC vá liberando as funcionalidades, poderá ser um grande concorrente inclusive do PIX, mas atualmente concorre apenas com as maquininhas de cartão, e longe de ser um desafio, graças às limitações.

A promessa é grande e a probabilidade de no futuro o sistema de pagamento pelo app se tornar uma das principais utilizadas no país, é enorme. A burocracia do BC ainda é uma barreira a ser vencida e pode levar muito tempo até que aconteça, o que faz com que o WhatsApp Pay seja pouco conhecido e utilizado.

Não quero mais usar a função, o que fazer?

Não viu vantagem, mas já se cadastrou na plataforma? Tudo bem, é possível desativar. As opções do aplicativo continuarão aparecendo, pois faz parte do app, mas é possível desabilitá-la através de CONFIGURAÇÕES, PAGAMENTOS, SERVIÇOS que é onde fica a opção do FACEBOOK PAY. Clique nele e depois em CONTA. Escolha a opção REMOVER O FACEBOOK PAY. Pronto!

Ele te mostrará uma mensagem explicando que caso tenha alguma transação em andamento ela será cancelada e seus dados apagados. E que caso queira, basta cadastrar novamente e voltar a usar os serviços da plataforma. Seu histórico não é apagado, mas seus dados são removidos.

É importante salientar que as transações feitas através da plataforma não podem ser desfeitas, e caso o agente recebedor não possua cadastro na plataforma, em 2 dias o dinheiro retornará para sua conta.

Vale a pena?

A verdade é que a função WhatsApp Pay não faz falta. Provavelmente no futuro quando forem liberadas mais funções, seja de grande utilidade, mas atualmente é algo que está basicamente no campo dos testes. Para quem trabalha com vendas pelo app é sim de grande ajuda, mas as limitações ainda são um problema.

E você já utiliza a plataforma? Ou faz parte daqueles que nem ouviram falar?


Quer escrever na Prensa?

Junte-se a uma comunidade de Creators que estão melhorando a internet com artigos inteligentes, relevantes e humanos. Além disso, seu artigo pode fazer parte do Projeto de Monetização, e você pode ganhar dinheiro com ele!

Clique aqui para se cadastrar e venha com a gente!


Topo