O rumo da Inteligência Artificial: a arte imita a vida, ou seria o inverso?

O rumo da Inteligência Artificial: a arte imita a vida, ou seria o inverso?

O modelo de Inteligência Artificial mais difundido, até os dias atuais, é baseado em algoritmos. Até então as tecnologias de última geração dotadas de IA, oferecem respostas baseadas em cálculos extensos. 

Contudo, a até então utópica Inteligência Artificial dotada de livre arbítrio, está cada vez mais perto de sair dos roteiros da ficção e se tornar realidade.

Como então podemos prever qual será o futuro da tecnologia? Seria a Inteligência Artificial imune à falhas? E, ainda que seja talvez a criação humana mais próxima da perfeição, podemos esperar por uma futura ameaça vinda das máquinas?

Este conteúdo gratuito é exclusivo para usuários cadastrados.


Quer escrever na Prensa?

Junte-se a uma comunidade de Creators que estão melhorando a internet com artigos inteligentes, relevantes e humanos. Além disso, seu artigo pode fazer parte do Projeto de Monetização, e você pode ganhar dinheiro com ele!

Clique aqui para se cadastrar e venha com a gente!


Topo