Vulnerabilidades em sistemas IoT e como se proteger

Vulnerabilidades em sistemas IoT e como se proteger
Imagem de Tumisu por Pixabay

O que é IoT

Internet das coisas ou Internet of Things(IoT) é um modelo de aparelhos que tenham conexão com a internet. Isso vai desde TVs até lâmpadas inteligentes que mudam de cor por aplicativo. A IoT vem se popularizando cada vez mais principalmente com pessoas tendo a intenção de tornar sua casa "inteligente".

Vulnerabilidades

Toda tecnologia é suscetível a falhas ou ataques, principalmente quando é recente. Muitas das vezes são problemas bobos, porém outros são bem preocupantes. As principais vulnerabilidades da IoT são:

Invasão

Essa é uma preocupação maior em computadores pessoais, porém também existe esse risco nos dispositivos de IoT.

Ter acesso ao aparelho pode causar a perda da privacidade, tendo acesso a câmeras ou assistentes virtuais ouvindo o que você conversa com sua família.

Saber quando você está saindo de casa ou quando está chegando. Ver em tempo real o que você pesquisa ou ver suas intimidades. Mas não se limita somente a isso.

Acesso de dados

O uso mais comum de criminosos é ter acesso aos dados e informações pessoais do usuário. Um criminoso tendo acesso a essas informações pode fazer chantagem, vender essas informações ou simplesmente usá-las indevidamente.

Qualquer informação tem risco de ser roubada ou usada de forma imprópria. Esse risco não é exclusivo para pessoas físicas.

Empresas também estão sujeitas a esse risco, o que pode causar prejuízo financeiro e comprometimento de dados sigilosos.

Botnet

É uma rede de dispositivos infectados por um malware, conectados para uma ação coordenada, como um ataque de Negação Distribuída de Serviço(DDoS) entre outros ataques.

Um exemplo dessa modalidade de ataque é o RSOCKS, uma botnet russa derrubada pelos EUA recentemente.

Malware

Um programa criado com intenções criminosas pode infectar um dispositivo e ocasionar desde um mau funcionamento até travar ou deixá-lo inativo.

Isso pode dificultar o uso das suas funções ou até mesmo causar prejuízo financeiro por incapacitar o aparelho. Pode também alterar dados ou abrir brecha para ataques como uma invasão. 

Como se proteger

Por mais que essas vulnerabilidades sejam críticas, não é impossível se prevenir delas. As formas mais comuns de se proteger é usando corretamente os aparelhos e sempre que possível atualizar o firmware(software instalado diretamente no hardware).

A maioria das vulnerabilidades são corrigidas com atualização de software, seja embarcado no dispositivo ou em app com conexão a ele, como um aplicativo de controle de luz em uma lâmpada inteligente.

Uso correto de um aparelho pode auxiliar também. Usar somente quando necessário ajuda. É desnecessário os dispositivos estarem ligados à internet enquanto você está dormindo, você não acha?

Não é complicado ter segurança e privacidade com o uso da internet. Basta ter atenção aos detalhes e se certificar do que está fazendo.

Aqui na Prensa existe muito conteúdo sobre Segurança Digital. Continue navegando e aproveite para aprender mais sobre o assunto.

Até a próxima.


Quer escrever na Prensa?

Junte-se a uma comunidade de Creators que estão melhorando a internet com artigos inteligentes, relevantes e humanos. Além disso, seu artigo pode fazer parte do Projeto de Monetização, e você pode ganhar dinheiro com ele!

Clique aqui para se cadastrar e venha com a gente!


Topo