A sequência de Batman nos cinemas

A sequência de Batman nos cinemas

Imagem: reprodução Warner Bros

Em pouco mais de 30 dias de exibição nos cinemas pelo mundo, o primeiro longa do herói sob direção de Matt Reeves conquistou números para lá de expressivos.

No total, o novo filme solo de Batman arrecadou mais de 750 milhões de dólares em bilheterias pelo mundo, e teve um índice de aprovação alto dentre os fãs.

Ambiente e vilões

Ao contrário dos filmes e aparições anteriores, nesta última produção, além de sermos apresentados a um vigilante em início de carreira, também tivemos contato com um Batman mais realista

Na contramão dos filmes de super-heróis dos dias de hoje, The Batman mostra como seria a presença de um herói em um cenário muito próximo do real, ou seja, longe de super poderes ou elementos muito distantes da realidade.

Do traje até o batmóvel, dos vilões até as pontas e participações especiais, não tem nada ali que destoe muito do que habitualmente poderia ser visto no mundo fora do universo dos quadrinhos.

Contudo, tal postura abre precedentes para questionamentos, principalmente com a confirmação da sua sequência.

Seguindo este viés do primeiro capítulo, qual seria o possível e provável vilão do segundo filme!?

Muito especula-se que Matt Reeves aprofundará a participação do vilão Pinguim nesta continuação.

Apesar de ter participação importante no primeiro filme, o mafioso interpretado por Colin Farrell não era o antagonista principal em The Batman, e sim o Charada.

Por outro lado, os estúdios Warner já confirmaram que Reeves produzirá uma série spin off para a HBO Max, para contar exclusivamente história e tramas do Pinguim, o que poderia servir de preparação e aprofundamento para sua sequência no cinema.

Contudo, não é de se deixar de lado a possível aparição de um outro vilão deveras consagrado no universo do homem morcego, o Coringa.

O famoso palhaço do crime, além de pouco tempo de tela, teve uma cena com cerca de cinco minutos deletada em The Batman. Dessa forma, o nome do principal vilão do homem morcego também circula dentre os fãs.

Porém, como a previsão do lançamento desta sequência é somente para 2024, tudo segue no campo da especulação. 

Pensando nisso, que tal avaliarmos uma lista de vilões que podem se encaixar muito bem neste novo universo do cavaleiro das trevas?

Vale citar que tal listagem é baseada nos critérios estéticos apresentados no primeiro filme, principalmente no que diz respeito ao grau de realidade da obra.

Próximo antagonista!

1º Lugar  - Coringa

Obviamente que o palhaço do crime não poderia ficar de fora dessa lista, e nada mais justo do que ele abrir a mesma.

O Coringa é o principal vilão do Batman, e por conta da sua ponta no filme recém lançado, deixou os fãs esperançosos para o segundo.

A trajetória deste criminoso é repleta de mistérios, principalmente quando falamos do seu surgimento. 

As histórias variam desde um homem com problemas psicológicos que em determinado momento perde o controle de seus atos, à um sujeito que acidentalmente cai em um tonel de ácido e tem seu rosto desfigurado e sua sanidade mental destruída.

Entretanto, em The Batman, o criminoso interpretado por Barry Keoghan, já aparece encarcerado, o que sugere que já havia sido preso pelo próprio cavaleiro das trevas.

Logo, para que o Coringa fosse o vilão principal da sequência, muito provavelmente Matt Reeves teria de providenciar uma fuga para o mesmo.

Apesar de carregar toda uma aura ao seu redor, é pouco provável que o palhaço ganhe os holofotes logo no segundo filme. Tal receita já foi utilizada por Christopher Nolan na última trilogia do homem morcego, e duvido muito que o novo diretor tente repetir o feito.

2º Lugar - Pinguim


Imagem: reprodução Warner Bros

Além de ser um dos vilões mais famosos do vigilante de Gotham, Pinguim ganhou destaque em The Batman

Mesmo não sendo o vilão principal, o personagem protagonizou uma das cenas mais emocionantes do filme, e tem tudo para aparecer no segundo longa.

Nomeado oficialmente como Oswald Cobblepot, o Pinguim já foi apresentado ao público nesta nova obra, e por consequência do seu desfecho, o antagonista pode ganhar destaque para a sequência.

A motivação do vilão se deu logo na sua infância. Por ser um jovem baixo, de corpo nada atlético, e dotado de um nariz extravagante, o garoto era alvo de gozações dentre os colegas de classe.

Por conta do bullying sofrido, o rapaz tornou-se um cidadão recluso, limitando suas interações às aves que sua mãe criava e vendia. Daí nasceu tal obsessão pelos pássaros, tal como os Pinguins.

Apesar de figurar dentre as famílias ricas de Gotham, Oswald  optou pela vida do crime. 

Sem deixar o status de lado, o vilão sempre apareceu muito bem trajado, e quase sempre acompanhado de seu guarda-chuvas, que com o passar dos anos já teve diversas utilidades e atribuições.

Por fim, a representação do mafioso em The Batman praticamente garante sua participação no segundo filme, inclusive podendo ser o adversário direto do herói.

3º Lugar - O Exterminador

Tendo sua primeira aparição registrada no ano de 1980, o Exterminador é um ex militar mercenário, detentor de poderes meta-humanos, e repleto de rancor devido à fracassos em sua vida.

O personagem, apesar de não fazer parte do eixo principal dos vilões de Batman, de uns tempos para cá vem ganhando espaço nas produções da DC Comics, e já tem pontas espalhadas por algumas obras.

O Exterminador já apareceu em Esquadrão Suicida, e também ganhou destaque na série Jovens Titãs. Todavia, é nos quadrinhos e nos games que o vilão teve mais espaço.

O mercenário em questão, após ganhar destaque nas forças armadas, em pouco tempo de serviço militar alcançou altas patentes, e reconhecimento dentro do exército. Portanto, acabou sendo escolhido para participar de um experimento para super combatentes.

Após passar por um processo de mutação genética, Slade Wilson tornou-se um super soldado. Porém, ao adotar a vida de assassino de aluguel, viu sua filha se tornar vítima de um criminoso, e após uma luta com a própria esposa, perdeu a visão de um olho.

Apesar de tal experimento, a história do ex-combatente facilmente se encaixaria nesta nova estética de Batman, logo, é um personagem que poderíamos ver no segundo filme.

4º - O Ventríloquo 


Imagem: reprodução CW Studios

Não é novidade para ninguém que em The Batman, problemas psicológicos e distúrbios sociais fazem parte da personalidade dos personagens, sejam eles vilões ou não.

Desta forma, seguindo na mesma direção do Charada, o Ventríloquo seria um dos vilões do leque do homem morcego que se encaixaria muito nas telonas.

Arnold Wesker, após uma infância dramática, e uma condenação injusta ao cárcere, divide cela com um outro preso que havia esculpido um fantoche em madeira, fantoche este que trazia consigo as características de um mafioso italiano, o famoso Al Capone.

Após uma série de conflitos, e até mesmo uma fuga da prisão, Wesker carrega consigo o fantoche roubado de seu antigo companheiro.

Agora já sob o nome de Ventríloquo, o ex-presidiário controla o boneco, já também nomeado como Scarface, apelido dado ao criminoso que inspirou a fisionomia do boneco.

Ao maior estilo mafioso da década de 30, Scarface ganha seu espaço no cenário do crime de Gotham. Contudo, Wesker luta para tentar se livrar do fantoche, que por diversas vezes demonstra carregar consigo uma espécie de maldição.

As características que garantem mais proximidade deste vilão ao cenário atual, é a condição psicológica do Ventríloquo.

Pelas histórias dos personagens nas HQ’S da DC Comics, Arnold sofre com problemas como transtorno dissociativo, esquizofrenia, e múltiplas personalidades. O que seriam facilmente conectadas a este novo cenário a qual o cavaleiro das trevas está inserido.

5º - Corte das Corujas


Imagem destaque: reprodução Warner Bros

A Corte das Corujas nada mais é do que uma sociedade secreta criminosa de Gotham City. Constituída apenas por empresários e magnatas locais, essa organização manda e desmanda na economia da cidade, seja a que custo for.

Pouco antes do lançamento de The Batman, muito se cogitava a respeito da participação da Corte por conta de alguns easter eggs deixados em alguns teasers.

Justamente pelo fato do trailer dar alguns indícios a respeito, e também pelo viés social abordado no filme.

Assim como o próprio nome já indica, a coruja é o animal adotado como símbolo de tal seita, e o primeiro recado deixado por Charada aos cuidados do vigilante tinha o animal na capa do cartão.

Logo, esta pode ser uma deixa ou pista para o segundo filme do detetive mais amado dos quadrinhos.

O que você espera dessa nova obra o homem morcego?

Assim como na trilogia anterior, acha que o segundo filme pode ser a obra de maior destaque da nova era do Batman nos cinemas?

Qual super-vilão você acha que faltou nessa lista?


Quer escrever na Prensa?

Junte-se a uma comunidade de Creators que estão melhorando a internet com artigos inteligentes, relevantes e humanos. Além disso, seu artigo pode fazer parte do Projeto de Monetização, e você pode ganhar dinheiro com ele!

Clique aqui para se cadastrar e venha com a gente!


Topo