Reflexão: O que aprendi com a pandemia

Reflexão: O que aprendi com a pandemia

Lá se vão quase 2 anos de pandemia, desde que o primeiro caso foi registrado na província de Wuhan, na China, no dia 1° de dezembro de 2019,  segundo um artigo da revista científica The Lancet.

Desde então a doença se espalhou pelo mundo, infectando quase 200 milhões de pessoas e levando a óbito quase 4 milhões de pessoas (segundo dados atualizados do Google) até o momento que foi escrita essa publicação.

Mesmo com o advento da vacina, que trouxe à humanidade a esperança de voltar a “normalidade”, infelizmente, isso não vai acontecer. Não no sentido literal da palavra “normal”, ou seja: exatamente como era a vida antes da pandemia. Essa foi talvez a lição mais dura que aprendi nesses tempos.

Este conteúdo gratuito é exclusivo para usuários cadastrados.


Quer escrever na Prensa?

Junte-se a uma comunidade de Creators que estão melhorando a internet com artigos inteligentes, relevantes e humanos. Além disso, seu artigo pode fazer parte do Projeto de Monetização, e você pode ganhar dinheiro com ele!

Clique aqui para se cadastrar e venha com a gente!


Topo