Interface de games de corrida podem virar realidade nos automóveis

Interface de games de corrida podem virar realidade nos automóveis

HoloLens 2, Augmented Reality - Microsoft / The Verge

Uma das coisas mais legais dos jogos de corrida são aquelas interfaces com elementos gráficos na tela, que mostram vários dados, desde a velocidade até o trajeto do veículo.

Pois graças a avanços da tecnologia de Realidade Aumentada (Augmented Reality ou a sigla AR, em inglês), estes componentes já estão se tornando realidade e trazendo mais funcionalidades aos painéis dos carros, ao menos, nos laboratórios.

Um dos maiores projetos em desenvolvimento nessa área é a aplicação de AR para automóveis através dos HoloLens 2, um óculos de realidade aumentada.

Os HoloLens são um conjunto de óculos e sensores conectados a um headset. O sistema utiliza uma combinação de câmeras e sensores de inércia para monitorar todos os movimentos dentro do veículo e fora dele.

Eles são desenvolvidos pela Microsoft, enquanto o programa de desenvolvimento desta aplicação para uso no tráfego é uma parceria entre a própria Microsoft e a montadora  alemã Volkswagen.

A Microsoft vinha desenvolvendo sozinha o projeto, mas esbarrou em grandes dificuldades. 

A maior delas é que o sensor responsável por colher dados dos automóveis não só importava dados imprecisos, como também deixava o computador de bordo dos carros confuso.

A Volks foi quem descobriu e solucionou o problema em 2018, permitindo que o programa continuasse a avançar. Então a Microsoft a convidou para desenvolver o programa em conjunto.

A Volks já vinha tendo avanços desse tipo em AR. Em alguns modelos de carros elétricos, a Volks desenvolveu um display acima da cabeça do motorista que projeta dados no pára-brisas.

O display é capaz de mostrar a velocidade atual do carro, além de dados de navegação, tudo sem que o motorista precise tirar os olhos da estrada.

O sistema HoloLens 2 é capaz de projetar imagens e objetos em 3D dentro e fora do veículo, auxiliando o motorista em tomadas de decisão no trânsito, por exemplo.

O sistema poderá ajudar o motorista a encontrar atalhos, ou chegar mais fácil a um determinado lugar que talvez não conheça bem, atuando como um GPS projetado no pára-brisas.

Ou também fornecer ao motorista informações mais amplas sobre tudo o que está ao redor do carro, o alertando quando um pedestre ou um ciclista estiver atravessando a rua.

Embora o programa venha tendo avanços, ainda pode demorar para que os HoloLens 2 cheguem até os consumidores finais com essas funcionalidades.

Marc Pollefeys, um porta-voz da Microsoft que trabalhou no projeto, disse que a intenção da empresa visa a implantação de consumo final apenas em longo prazo.

Mas quando se fala em tecnologia de ponta, as possibilidades de aplicação e obviamente lucro costumam animar investidores e "acelerar" as coisas.

Por enquanto, nos resta acompanhar e torcer para que esta tecnologia esteja disponível e ao alcance de todos em breve. Sem dúvida ela vai trazer uma ajuda e tanto para os motoristas de todo o mundo.

Fonte: The Verge.


Quer escrever na Prensa?

Junte-se a uma comunidade de Creators que estão melhorando a internet com artigos inteligentes, relevantes e humanos. Além disso, seu artigo pode fazer parte do Projeto de Monetização, e você pode ganhar dinheiro com ele!

Clique aqui para se cadastrar e venha com a gente!


Topo