Por que você deveria se preparar para atuar no mercado digital

Por que você deveria se preparar para atuar no mercado digital
Computador - ferramenta de trabalho. Créditos: Canva.

Com os altos índices de desemprego no Brasil, as pessoas têm refletido sobre as possibilidades de atuar em mercados em expansão como o da internet para ter alguma renda. Além disso, pessoas que trabalham em áreas mais tradicionais também têm se utilizado de estratégias como as redes sociais para divulgar o seu trabalho.

Esse texto tem o intuito de dar dicas valiosas para as pessoas que pensam em atuar no mercado digital para alcançar renda extra enquanto não conseguem um emprego mais convencional ou caso queiram ficar definitivamente nesse novo mercado, trabalhando de casa. 

Oportunidades para trabalhar de casa

Um dos aspectos que tornam o mercado digital tão atrativo é o fato de que é possível trabalhar da sua própria casa. Posso exemplificar isso com a minha experiência já que nesse momento estou no escritório do meu apartamento redigindo esse texto. Faço isso todas as manhãs escrevendo textos para sites como autônoma e, durante as tardes, saio para trabalhar presencialmente em outro lugar.

Essa rotina é interessante, sobretudo, se você mora em uma grande metrópole já que pode fazer com que você economize tempo, percorrendo grandes distâncias para chegar em outro bairro, e dinheiro com combustível ou passagem de ônibus. Para quem é mãe e não deseja abrir mão de ficar com as crianças, o digital também representa uma chance e tanto.

Contudo, a verdade é que esse mercado tende a atrair simplesmente porque muitas pessoas estão com renda menor ou sem renda após a crise econômica que já pode ser sentida no Brasil após a pandemia de Covid-19. Seja qual for o seu caso, chegamos ao próximo ponto: quais serviços prestar no mercado digital?

Serviços

Engana-se quem pensa que é necessário ser formado em Computação ou Tecnologia da Informação para trabalhar no mercado digital. Atualmente, as empresas precisam de diversos profissionais, como redatores que escrevam textos para sites ou blogs, secretárias que prestem serviços como assistentes virtuais organizando a agenda de profissionais, vendedores que atendem clientes por redes sociais e fecham vendas online.

Além disso, dá para trabalhar como social media, com tráfego pago, com UX writing, fazendo design gráfico, sendo programador. As possibilidades são múltiplas e cada vez surgem outras já que a internet se desenvolve continuamente e lança novos negócios. O ideal é que você entenda como trabalham diferentes profissionais no mundo virtual e escolha uma dessas áreas de atuação para trabalhar em uma empresa ou prestar serviços.

Grande quantidade de vagas

Como o mercado da internet passa por constantes mudanças, a quantidade de vagas para atuar nele é grande e diversificada. Aqui ressaltamos que trabalho nem sempre é sinônimo de emprego com carteira assinada de acordo com a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

Por vezes, as empresas solicitam serviços para trabalhos autônomos e existem sites de trabalho que intermediam as relações entre empregador e empregados. O principal é que esses trabalhos são remunerados e podem até ser melhor remunerados que outras oportunidades convencionais dependendo da área que você quer trabalhar no mercado digital.

Possibilidade de prestar serviços no mercado internacional

Muitas empresas internacionais precisam de prestadores de serviço brasileiros para trabalhos específicos. É o caso de empresas que querem criar aplicativos ou sites para o mercado nacional e demandam serviços de tradutores e redatores brasileiros para criar conteúdo, assim como de programadores. Nem todas pagarão com as suas moedas, com dólares ou euros, mas podem gerar bons negócios e fazer com que você amplie a sua cartela de clientes e compreenda como funcionam os negócios fora do país. 

Como se preparar?

Você pode se preparar para trabalhar no mundo virtual por meio de um curso superior de bacharelado ou tecnólogo. Outra opção é cursar uma formação técnica, que existe gratuitamente nos institutos federais de educação, ciência e tecnologia por todo o país. Porém, outra opção é estudar online em cursos de curta duração, sejam eles gratuitos ou pagos.

O importante é que você escolha um curso que realmente te ofereça preparo técnico para atuar na área e oferecer um trabalho de qualidade. Uma dica: mesmo após o curso, siga profissionais do setor nas redes sociais para observar como eles trabalham e o serviço que ofertam, assim como os preços praticados nesse mercado. Vale destacar que é necessário sempre se atualizar. Afinal, se a internet sempre evolui, nosso trabalho é evoluir com ela.

Onde buscar oportunidades?

Primeiro, você pode se inscrever em sites de serviço freelancer dependendo da atividade que desenvolve. Sites como Workana, 99Freela, UpWork e VintePila fazem intermediações entre quem oferece os seus serviços e quem deseja comprá-los. Contudo, esses sites cobram valores como porcentagem pela transação ou cobram planos de assinatura para quem oferece os serviços por lá.

Por isso, muitos trabalhadores preferem agir sem intermediários e oferecer os seus serviços em grupos do facebook específicos e no seu próprio perfil nas redes sociais. É importante que as pessoas reconheçam que agora você desempenha determinada função, logo é bacana você contar para os amigos e fazer postagens nas suas redes sociais sobre isso. Também é possível procurar oportunidades utilizando o LinkedIn, então vale a pena criar um perfil nessa rede social.

Uma ferramenta essencial: a comunicação

Se você se convenceu que trabalhar para clientes na internet é uma boa estratégia para ter renda extra ou simplesmente para fazer disso a sua carreira, considere que nesse universo uma ferramenta é fundamental: a comunicação.

Você deverá dialogar sobre seus produtos para a sua audiência e conversar com seus clientes sobre as expectativas dele sobre o seu trabalho para alinhar o que deverá ser feito. Porém, estabeleça horários de trabalho para que você também conte com tempo de descanso e de lazer com a família. Também deixe claro em quais canais de comunicação as pessoas poderão entrar em contato com você.

Conclusão

Não tenha medo de dar o primeiro passo em direção a uma vida profissional mais próspera, mas saiba que existirão dificuldades em sua jornada como em qualquer trabalho que fizer. O importante na sua caminhada é que você fique antenado e busque muitas informações sobre o mercado em que quer atuar, saiba se divulgar, estude bastante e tente prestar um bom trabalho.


Quer escrever na Prensa?

Junte-se a uma comunidade de Creators que estão melhorando a internet com artigos inteligentes, relevantes e humanos. Além disso, seu artigo pode fazer parte do Projeto de Monetização, e você pode ganhar dinheiro com ele!

Clique aqui para se cadastrar e venha com a gente!


Topo