8 estratégias argumentativas para convencer seu leitor

8 estratégias argumentativas para convencer seu leitor

Imagem: pch.vector / freepik

Se você está lendo este artigo, provavelmente já leu Criando um artigo do zero e Como estruturar um texto WEB, certo? Se não leu, pare e leia agora mesmo antes de continuar, pois essa sequência vai facilitar a compreensão de todos esses conteúdos.

Agora que você já sabe como organizar suas ideias e como estruturar um texto para escrever conteúdos relevantes e que engajam, chegou o momento de analisar as estratégias que vão reforçar sua autoridade e te transformar em referência ao compartilhar o conhecimento e os insights que só você tem.

Objetividade é a chave para um conteúdo WEB, mas isso não significa que você não possa usar mais algumas linhas para comprovar que seu ponto de vista é pertinente e, quem sabe, convencer seus leitores a concordarem com ele e compartilharem seu conteúdo por aí.

Além de comprovar que seu posicionamento é coerente e que suas ideias são válidas, as estratégias argumentativas deixam seu conteúdo mais organizado, evitando lacunas no texto.

O que são estratégias argumentativas?

Argumentos são ideias com respaldo lógico e têm o objetivo de convencer que determinado ponto de vista é válido. Já as estratégias argumentativas são os recursos que vão comprovar a consistência desses argumentos, é a forma como você vai organizá-los e apresentá-los no texto.

Além de comprovar seu ponto de vista, o uso dessas estratégias demonstra que você possui um vasto conhecimento sobre o assunto o qual está tratando e que sabe relacioná-lo com a tese (posicionamento) que irá defender.

Você pode usar quantas estratégias quiser, o importante é que você desenvolva bem cada argumento evitando pontas soltas no seu artigo.

Confira a seguir 8 estratégias argumentativas e como você pode utilizá-las em seu texto: 

Exemplificação - Essa estratégia utiliza-se de exemplos específicos para fundamentar os argumentos apresentados. Por isso, escolha exemplos que sejam de conhecimento geral, preferencialmente fatos divulgados na mídia para comprovar que sua tese é válida. No contexto da WEB, outra forma para exemplificar, é marcar determinada palavra ou frase no texto e linká-la para uma outra página da WEB.

Ex.: “Com a popularização da distribuição on demand, o espaço para os desenhos se ampliou. Produções brasileiras, argentinas, e principalmente chinesas, têm aparecido cada vez com mais frequência nos catálogos de infantil das plataformas, nos mostrando culturas e diversidades que não estávamos esperando.

Este é o caso da divertida animação Back to Outback, que aqui recebeu o complicado título Próxima Parada: Lar Doce Lar. A animação australiana vem fazendo sucesso dentro da Netflix desde o final de 2021. Outback, ao contrário do que sua mente faminta possa pensar, não se trata daquela rede de restaurantes com sabores exóticos, mas sim uma imensa zona desértica da Austrália, terra original dos aborígenes e de uma incrível gama de espécies animais.”

ANKERKRONE, Arthur. Próxima parada lar doce lar. Prensa, 18 de abril de 2022. Disponível em: https://prensa.li/@arthur.ankerkrone/proxima-parada-lar-doce-lar/

Enumeração - Nessa estratégia você deve citar um argumento de cada vez, enumerando fatos que comprovam a relevância do seu posicionamento. Lembre-se de que você deve se atentar à ordem em que esses argumentos vão aparecer, por exemplo: você pode citar dois ou mais problemas e explicar cada um deles em parágrafos distintos.

 Ex.: “Por sua vez, existem também dois fatores externos que podem levar a pessoa na terceira idade a empreender: a oportunidade, quando a pessoa tem mais segurança, conhecimento e tempo para realmente fazer o que gosta e a necessidade, visto que o mercado de trabalho atual prioriza pessoas mais jovens em detrimento aos mais velhos. Isso sem falar na queda orçamentária quando o indivíduo se aposenta e na necessidade de complementar a renda.” 

GONÇALVES, Fabiana. Empreendedorismo na terceira idade. Por que não? Prensa,18 de abril de 2022. Empreendedoras 55. Disponível em:https://prensa.li/empreendedoras55/empreendedorismo-na-terceira-idade-por-que-nao/

Comparação - No argumento por comparação deve-se apresentar pelo menos duas ideias e destacar as semelhanças e/ou diferenças entre elas. Normalmente essa estrutura apresenta o uso de operadores argumentativos como: igualmente, da mesma forma, bem como, tanto quanto, entre outros.

Ex.: “Ao assistir uma série ou um filme, muitas pessoas acabam se apegando aos personagens e torcendo para que eles tenham o tão sonhado final feliz. Mas, algumas vezes, a frustração vem do próprio desenvolvimento da narrativa, fazendo com que a trama criada pelos roteiristas não faça jus à trajetória construída até ali.”

RIBEIRO, Giovana. Personagens que foram prejudicados pelo roteiro. Prensa, 7 de abril de 2022. Disponível em:https://prensa.li/@giovana.ribeiro/personagens-que-foram-prejudicados-pelo-roteiro/

Causa e efeito - Essa é uma das estratégias argumentativas mais utilizadas e consiste em apresentar os motivos de uma determinada situação e logo em seguida suas consequências. Elas podem ser tanto positivas quanto negativas, vai depender do objetivo do seu texto e da tese que você está defendendo.

Ex.: “Em homenagem ao importante dia, a ong SOS Mata Atlântica divulgou estudo em que somente 7% dos leitos dos rios do bioma apresentam boa qualidade. Mais de 20% dos pontos analisados estão em qualidade ruim ou péssima.

Reflexo direto de uma série de problemas estruturais, dentre eles a falta de saneamento para metade da população brasileira, os rios não escondem o que está acontecendo.

Quem mais sofre com isso são os mais pobres, sujeitos às doenças causadas por detritos e impactos geológicos da ocupação desordenada nas margens desses rios."

DIAS, Matheus. Dia Mundial da Água. Prensa, 29 de março de 2022. Disponível em:https://prensa.li/@matheus.dias/dia-mundial-da-agua/

Alusão histórica - Esse argumento apresenta uma opinião crítica referente a determinado recorte histórico e compara com outro atual relacionando características em comum ou distintas. Essa estratégia é muito eficaz para entreter o leitor, além de demonstrar que você tem domínio sobre o tema.

Ex: "Os escritores de ficção científica como Júlio Verne e H. G. Wells, anteciparam tecnologias, venderam muito no século XIX e são cultuados até hoje. A franquia Star Trek (por aqui, Jornada nas Estrelas) faz isso desde os anos 1960. Celulares, tablets e até mesmo o alumínio transparente deram as caras primeiramente nas aventuras da nave estelar Enterprise."

ANKERKRONE, Arthur. A tecnologia fez você chegar até aqui. Prensa,19 de abril de 2022. Finansystech. Disponível em:https://prensa.li/finansystech/a-tecnologia-fez-voce-chegar-aqui/

Contraposição - Essa estratégia contesta ideias opostas, expõe perspectivas diferentes sobre um mesmo argumento, evidenciando um contraste de opiniões. Os operadores argumentativos mais comuns, nesse caso, são as conjunções adversativas: mas, porém, contudo, entretanto, no entanto, embora, apesar de, entre outros.

Ex.: O mundo digital faz parte da modernidade de forma inevitável. E com ele, criou-se um mundo de entretenimento composto por diversos indivíduos criando conteúdos em redes sociais e se tornando celebridades com milhões de seguidores. 

Porém, muitos reclamam de uma mesmice nesses conteúdos, afirmando que a internet é composta apenas de vídeos de um minuto de pessoas dançando coreografias iguais e falando bobagens que ninguém quer ouvir.”

RIBEIRO, Giovana. A internet além das dancinhas. Prensa, 27 de abril de 2022. Disponível em:https://prensa.li/@giovana.ribeiro/a-internet-alem-das-dancinhas/

Evidência ou comprovação - Para que sua argumentação seja válida, ela precisa ser comprovada. Logo, nessa estratégia argumentativa, você deve apresentar dados estatísticos, pesquisas ou estudos com respaldo científico, pois são considerados como provas concretas e irrefutáveis.  

Ex.:“Empreender tem sido a escolha de uma boa parte dos brasileiros para manter-se ativo, principalmente após a aposentadoria, haja vista o recente Relatório Global Entrepreneurship Monitor (GEM) 2020, que apontou um crescimento de 115% no número de empreendedores nessa faixa etária.

Calcula-se que hoje mais de 650 mil idosos exerçam trabalhos autônomos no Brasil, 3,1% têm mais de 60 anos; e, desse número cada vez mais crescente, 57% são mulheres.”

GONÇALVES, Fabiana. Empreendedorismo na terceira idade. Por que não? Prensa,18 de abril de 2022. Empreendedoras 55. Disponível em:https://prensa.li/empreendedoras55/empreendedorismo-na-terceira-idade-por-que-nao/

Argumento de autoridade - Essa estratégia é muito eficaz, pois você cita pessoas que são especialistas no assunto e tem o pensamento semelhante ao seu. Porém, é importante relacionar essas citações com o seu ponto de vista, lembrando que a citação sozinha não é suficiente, você precisa explicar o motivo pelo qual você concorda com tal afirmação.

Ex.:“Para o filósofo italiano, Domenico Losurdo, a mídia burguesa não tem apenas o monopólio das ideias, mas também o controle das emoções dos indivíduos. Como, por exemplo, a quem se deve amar, odiar, respeitar, ignorar, ter empatia etc.

Esse conceito fica muito bem claro quando vemos a notícia de que o Facebook e o Instagram liberaram o discurso de ódio contra os russos em suas plataformas. Como também o pedido de morte de Vladimir Putin e Alexander Lukashenko, presidente de Belarus e aliado do presidente russo.”  

ROBERTO, Célio. As fake news do ocidente sobre a guerra na Ucrânia. Prensa, 04 de abril de 2022.Disponível em: https://prensa.li/@celio.roberto/as-fake-news-do-ocidente-sobre-a-guerra-na-ucrania/

Agora que você já sabe quais são as estratégias argumentativas e como utilizá-las em seu texto, chegou a hora de praticar!

Defina um tema relevante e elabore um artigo de opinião com o objetivo de convencer seu leitor. Seja objetivo, claro e conciso e considere o uso de uma ou mais estratégias argumentativas para fundamentar o seu ponto de vista.

Vamos lá?

Agora fique à vontade para enviar seu artigo e conquistar ainda mais pessoas que acreditem no seu posicionamento e que vão compartilhar suas ideias por aí.


Quer escrever na Prensa?

Junte-se a uma comunidade de Creators que estão melhorando a internet com artigos inteligentes, relevantes e humanos. Além disso, seu artigo pode fazer parte do Projeto de Monetização, e você pode ganhar dinheiro com ele!

Clique aqui para se cadastrar e venha com a gente!


Topo