Filmes, séries, música, livros, games, cultura pop e muito mais!

Quem é Timothée Chalamet, o novo queridinho de Hollywood

Quem é Timothée Chalamet, o novo queridinho de Hollywood

Parece que a cada dia um novo rosto surge no horizonte e faz uma estreia estrondosa da qual se fala por um tempo. Há tanto talento, tantos nomes que às vezes fica difícil contabilizar vários artistas.

Mas a estrela de Duna, Timothée Chalamet, é diferente.  

Poucos podem reconhecê-lo por nome, mas muitos já se depararam com o jovem ator em produções independentes que se destacaram nos últimos anos. 

Seja quando Chalamet interpreta Kyle Scheible, um garoto cético e descolado no filme “Lady Bird” ou Elio Perlman, um jovem homossexual que começa um relacionamento com Oliver (Armie Hammer) em “Call Me by Your Name”. 

Ambos os filmes lhe renderam indicações nas maiores premiações do mundo.  

Kyle Scheible lhe garantiu o reconhecimento no Globo de Ouro e Elio Perlman fez com que Timothée se tornasse o terceiro ator mais jovem a ser indicado na categoria “Melhor Ator” no Oscar. 

Uma (várias) boa escolha lhe garante bons resultados 

Timothée só tem 25 anos e já construiu um currículo muito respeitável. Este feito veio por meio de seleções muito cuidadosas para os seus futuros papéis. 

A grandiosa produção “Interestelar” (2014), dirigida por Christopher Nolan, foi o primeiro filme de maior destaque da carreira de Chalamet e serviu como incentivo para que ele tentasse novos papéis na grande Hollywood. 

Infelizmente, como nem tudo são flores, o jovem ator não obteve sucesso nas audições para 'Neon Demon', 'White Boy Rick' e 'The Theory of Everything'. 

Quando falamos que Timothée construiu um currículo de respeito, é porque ele soube aproveitar de suas falhas para se aprimorar.  

Com maus resultados nas audições para cinema, algumas produções com críticas negativas e pensando na possiblidade de não sujar seu início de carreira com filmes de baixa qualidade, o ator se arriscou nos palcos da Brodway para aprimorar seu talento. 

Timothée interpretou a versão jovem de Jim Quinn na peça Prodigal Son (2016). Sua escolha pelos palcos naquele momento lhe rendera boas críticas.  

Mas foi em 2017 que Chalamet aceitou o papel responsável pelo seu retorno ao cinema e levou seu nome ao alto escalão de atores. 

Call Me by Your Name (2017) 

Call Me By Your Name irá ganhar continuação com elenco original - VIPADOFoto: Reprodução.

Timothée tinha somente 19 anos quando aceitou participar da produção “Call Me by Your Name”, de Luca Guadagnino. 

Este foi um passo extremamente ousado para um ator relativamente novo. Timothée levou a sério o estudo do caráter emocional de seu personagem. 

Ele interpretou o papel de Elio, filho de um aclamado cientista que hospedou um estudante da Universidade Americana em sua casa em Crema, Itália, por seis semanas.  

O Elio de Chalamet e o Oliver de Armie Hammer se apaixonam e uma história verdadeiramente linda de amor e compreensão se desenrola.  

Para o papel, Timothée aprendeu a falar italiano e a tocar violão e piano. Essa foi a garantia de que aquele jovem ator estava decidido a entregar o melhor para sua personagem.  

A produção garantiu a Timothée seu primeiro prêmio: o Gotham Independent Film Award por Ator Revelação, além de várias outras indicações para premiações como o Globo de Ouro, SAG Award, BAFTA e Academy Award. 

Lady Bird (2017) 

Saoirse Ronan and Timothée Chalamet in Lady Bird (2017) | Timothee chalamet  lady bird, Aesthetic movies, Lady birdSaoirse Ronan e Timothée Chalamet. Foto: Reprodução.

Mostrando que veio para ficar e que tinha habilidades o suficiente para ir do bom mocinho ao jovem mais chato do universo – digo desde já que essa opinião é da autora que aqui vos fala — Timothée interpreta Kyle Scheible no filme “Lady Bird”, dirigido por Greta Gerwig. 

Chalamet captura o garoto popular, sensível e artístico que todo mundo adora, mas é uma espécie de idiota imprudente ao mesmo tempo. 

O que torna Timmy — vamos deixar claro que já temos intimidade para chamá-lo assim — especial é a compreensão das motivações dos personagens e a capacidade de torná-los desagradáveis, mas ainda identificáveis e simpáticos. 

Beautiful Boy (2018) 

Timothée Chalamet in Beautiful Boy, 2018 | Movies for boys, Film  inspiration, Beautiful boysFoto: Captura de tela.

Baseado no livro “Beautiful Boy: A Father's Journey Through His Son's Addiction” e dirigido por Felix Van Groeningen, o filme Beautiful Boy apresenta Chalamet mais profundo do que nunca. 

Timothée interpreta Nic Sheff, um jovem adolescente viciado em metanfetamina e que possuiu um relacionando conturbado com seu pai, interpretado por Steve Carell.  

Outra performance emocionalmente enraizada, mas desta vez uma apresentação mais corajosa e pessoal.  

Não temos como não notar a entrega dele para o papel. Chalamet perdeu mais de 10 kg para dar vida à Nic Sheff. Por conta disso, chegou a se sentir “desorientado” e “confuso”.  

Timmy oferece um vislumbre doloroso e real do vício, e que é ainda mais assustador devido à sua pouca idade. 

‘The King’ (2019) 

The King | Trailer final do filme com Timothée Chalamet | MHDFoto: Reprodução Netflix.

Depois de assumir vários papéis em dramas emocionais e provocar diversas sensações da tristeza à raiva, Chalamet decidiu se arriscar em uma obra de Shakespeare dirigido por David Michod.

Um papel no qual ele seria capaz de crescer como ator, assumindo o controle da tela como o Rei Henrique V, o governante sangrento em uma busca pela verdade enquanto invadia a França. 

Timmy sabiamente optou por um papel mais sério e dominante após seu sucesso nas produções dramáticas. Ele tem um desempenho forte, compensando sua pequena estatura com sua presença cativante. 

Adoráveis Mulheres (2019) 

Adoráveis Mulheres (2019) - Eu & a TelonaFoto: Reprodução.

Depois de partir o coração da jovem Saoirse Ronan em Lady Bird, chegou o momento dos atores se reencontrarem e os papeis serem invertidos.  

Com um elenco de peso, incluindo Meryl Streep e Laura Dern, a nova versão de Adoráveis Mulheres, dirigida por Greta Gerwig, apresenta Timothée como Theodore "Laurie" Laurence.  

A versão de “época” de Timmy é tão estranhamente fofa quanto irritante. E digo irritante porque Laurie chega a beirar a “idiotice” com seu excesso de carisma e imaturidade.  

Apesar de Timothée ser o assunto desse texto, ele não merece ser o destaque em um filme com tantas mulheres poderosas. Saber que ele tem seu coração partido já é de bom tamanho.  

Duna (2021) 

Foto: Reprodução.

Essa é a produção responsável por colocar Timothée de uma vez por todas no hall dos novos queridinhos de Hollywood. O filme é dirigido pelo aclamado cineasta Denis Villeneuve e escrito por Jon Spaihts, adaptado do romance de 1965 de Frank Herbert.

Timmy interpreta Paul Atreides, o descendente da Casa Atreides. Sobre esse espetáculo de filme, você pode saber mais aqui.

Villeneuve, em uma de suas coletivas explicou o porquê escolheu Timothée para ser Paul Atreides.  

“Timothée tem muitas qualidades, entre elas há uma inteligência profunda nos olhos e ele tem uma alma inteira.  

Quando você conversa com o Timothée, tenho a impressão de que ele vive muitas vidas e isso é algo que me tocou muito.  

E ao mesmo tempo, ele parece tão jovem diante das câmeras, então aquele contraste de ter alguém que parece ter muita experiência e ao mesmo tempo estar no meio de sua adolescência é Paul Atreides.” 

Bom, depois desse relato, acredito que nem preciso explicar como Timmy se saiu em Duna, certo?! 

 Timothée Chalamet veio para ficar 

Timothée Chalamet e Margot Robbie (Foto: Getty Images)Quem não quer ser querinho da Margot Robbie, não é mesmo! Foto: Getty Images.

Timothée não só conquistou a “A-List” de Hollywood, mas também começou a arrastar uma legião de fãs que propagam seu nome aos quatro ventos. 

A beleza impressionante (não podemos negar), o estilo boêmio e a inteligência encantadora de Chalamet conquistaram os corações de quase todos que já ouviram seu nome.  

Para àquele que já foi eleito o homem mais influente da moda e um dos mais jovens a ser indicado ao Oscar, garantir seu lugar ao sol na elite do cinema não parece ser algo tão complicado. 

Só nos resta sentar e assistir a escalada de Timothée Chalamet ao topo. 


Quer escrever na Prensa?

Junte-se a uma comunidade de Creators que estão melhorando a internet com artigos inteligentes, relevantes e humanos. Além disso, seu artigo pode fazer parte do Projeto de Monetização, e você pode ganhar dinheiro com ele!

Clique aqui para se cadastrar e venha com a gente!


Topo