A Prensa foi feita para os ávidos e inconformados.

Manual de Valorização dos Artigos

Manual de Valorização dos Artigos

Este texto vai te mostrar qual o sistema de valorização de artigos que a Prensa vai usar para monetizar o seu conteúdo.


 

Olá!

Sejam bem-vindos ao Manual de Valorização de Artigos da Prensa. 

Este documento tem como objetivo alinhar e organizar as expectativas da Prensa para com a qualidade do conteúdo publicado nela.

Definiremos aqui como a Prensa valoriza o conteúdo, ou seja, quais critérios usamos para determinar se um conteúdo vale mais ou menos. Separamos o documento por tópicos para facilitar a comunicação. 

 

Seu texto é bom?

Para começar, o básico.

Seu texto é bom?

Isso inclui diversas medidas bem subjetivas, mas a maioria delas é bem perceptível e simples de medir.

A linguagem está adequada, com português correto e inteligível? Você está sendo claro na sua abordagem? Está sendo criativo no uso da linguagem, ou pelo ponto de vista que está usando para encarar o assunto? Está cometendo muitas redundâncias? 

 

Relevância

A primeira característica da valorização de conteúdo é sua relevância. O que você está escrevendo importa? É um assunto que está sendo muito falado e pelo qual há bastante procura? É um tema que está na boca do povo, e sua visão sobre ele vai adicionar bastante ao diálogo?

Não que todo artigo precise ser quente. Há bastante espaço para assuntos menos atuais. Sempre haverá alguém que vai querer saber algo sobre praticamente tudo.

Mas se você deseja que seu conteúdo atinja o máximo de pessoas, ao mesmo tempo que seja melhor valorizado internamente na Prensa, ele precisa atingir o público em cheio, na hora e no lugar certo. 

 

Acessos e leitura

Quantos acessos seu conteúdo teve? Depois de uma quantidade de tempo específica, quanta gente passou pelo seu conteúdo? Não só isso, mas quantos deles de fato leram seu conteúdo até o final?

São duas das medidas mais importantes que um conteúdo online pode ter: quantidade de acessos e consumo na íntegra. A Prensa valoriza mais textos com grande número de acessos, e dos quais os usuários não desistiram de completar a leitura.

Por isso, tenha em mente essas características quando estiver escrevendo seu artigo. 

 

Engajamento

Quanto o seu artigo alcançou de engajamento? 

A internet tem inúmeras formas de criar engajamento diretamente. São republicações via redes sociais, comentários, citações e várias outras formas de construir comunicação via interações.

Quantas destas interações tem o seu artigo como centro? O quanto ele está sendo compartilhado? Ele está gerando respostas de alguma forma?

Pense que seu artigo vai gerar reações de diversas formas na medida em que ele for mais relevante. O Engajamento nada mais é que uma forma mais prática de medir essa relevância.

 

Profundidade necessária

Seu texto se aprofundou no assunto o suficiente? O leitor terá dúvida sobre alguma coisa que você deixou escapar, ou essa dúvida do leitor é parte da sua intenção?

Se seu objetivo for um texto técnico, uma peça de aprendizado, é bom que ninguém tenha dúvidas ao final da leitura! Por isso, assegure-se que os assuntos abordados estão descritos da melhor forma possível, sem que seja algo enfadonho ou redundante. 

 

Especialistas e qualidade das citações

Se você está citando dados, é importante linka-los com a procedência. Isso demonstra responsabilidade e cuidado com a informação apresentada. 

Você pode também convidar algum especialista das áreas que está abordando para contribuir com seu conteúdo, dando mais fundamento ao que está querendo dizer.

Ou seja, vamos observar qual a qualidade de suas citações. Elas existe? São claras e eficientes em indicar a procedência dos dados? Você está aplicando ética na hora de citar alguém?

 

O texto é seu?

Mesmo com citações, entrevistas e outras formas de legitimar seu conteúdo, é importante que o texto seja seu. Você não pode plagiar o texto de outras pessoas ou usar partes inteiras de outras criações sem pedir a permissão do autor. 

Além disso, é muito mais interessante, para o seu crescimento como autor, que sua voz seja evidente no seu conteúdo. Que seu estilo, seus assuntos e seu ponto de vista comecem a ser reconhecidos.  

 

Práticas de SEO

Quase tudo na internet é influenciado pela facilidade que trackers têm de encontrar conteúdo.

Por conta disso, há certas práticas do que chamamos de SEO que podem ajudar seu texto a ser mais lido. São cuidados acerca de tamanho e composição de título, escolha de palavras-chave e tudo o que pode ajudar uma ferramenta de busca a escolher seu texto em primeiro lugar.

 


 

Queremos que sua experiência publicando na Prensa seja a melhor possível. E também queremos que o seu conteúdo atinja o máximo de pessoas! Por isso estas considerações são importantes. Tê-las em mente na hora de encontrar seu tema, desenvolver sua ideia, compor seu título e escrever seu texto. 

Qualquer dúvida que tiver, entre em contato com a gente.

Boa jornada!

Topo