De quem é a culpa?

De quem é a culpa?

Nos Estados Unidos, país mais poderoso do mundo, o fosso entre ricos e pobres é assustador. Estive, há dois meses, em Seattle, no Estado de Washington. Cidade rica, charmosa e sede de empresas gigantes como Google, Microsoft, Amazon, Boeing, The Bill and Melinda Gates Foundation (U$ 40 bilhões de dólares de ativos) e da rede atacadista CostCo.  

Nas ruas centrais, tropeçamos em hordas de houseless*. Gente se drogando à luz do dia, indivíduos em desequilíbrio flagrante. Los Angeles, onde vivo, tem o maior contingente de indivíduos em situação de rua do país, 70 mil. Aí compreendidos os que dormem em abrigos ou dentro de carros.  

Este conteúdo gratuito é exclusivo para usuários cadastrados.


Quer escrever na Prensa?

Junte-se a uma comunidade de Creators que estão melhorando a internet com artigos inteligentes, relevantes e humanos. Além disso, seu artigo pode fazer parte do Projeto de Monetização, e você pode ganhar dinheiro com ele!

Clique aqui para se cadastrar e venha com a gente!


Topo