A Filha Perdida

A Filha Perdida

Divulgação - via IMDB

Como um produto de ficção pode mexer tanto com as pessoas? O cinema, mais uma vez, escancara a discussão sobre temas que ainda são controversos pra muita gente: a maternidade real e o abandono de crianças.   

Na História do Brasil há pouco ou quase nada escrito sobre as crianças abandonadas. Segundo dados recentes do Sistema Nacional de Adoção e Acolhimento – SNA e disponibilizados pelo Conselho Nacional de Justiça, pelo menos oito crianças são abandonadas por dia no Brasil. São mães que não puderam ou não quiseram criar seus filhos. A miséria é o principal motivo, dito por algumas mães, para o abandono de bebês. Muitos recém-nascidos são deixados no lixo, em igrejas ou nos hospitais, pouco tempo após o nascimento.  

Mas o que leva uma mãe a abandonar a própria cria?  

Este conteúdo gratuito é exclusivo para usuários cadastrados.


Quer escrever na Prensa?

Junte-se a uma comunidade de Creators que estão melhorando a internet com artigos inteligentes, relevantes e humanos. Além disso, seu artigo pode fazer parte do Projeto de Monetização, e você pode ganhar dinheiro com ele!

Clique aqui para se cadastrar e venha com a gente!


Topo