A chaga do fascismo

A chaga do fascismo

Robert Klank - @designer_magdeburg - via Unsplash

Os analistas de política da mídia hegemônica se esforçam para preencher com alguma racionalidade o ambiente insano e tóxico fertilizado pela agenda destrutiva do governo federal. Ainda respaldado pelo imediatismo do Centrão e garantido pela ambição subalterna do procurador-geral da República, Augusto Aras, Jair Bolsonaro segue seu curso desvairado, cujo único propósito reconhecível é a erosão da democracia, obcecado pelo sonho de se reeleger.

Este conteúdo gratuito é exclusivo para usuários cadastrados.


Quer escrever na Prensa?

Junte-se a uma comunidade de Creators que estão melhorando a internet com artigos inteligentes, relevantes e humanos. Além disso, seu artigo pode fazer parte do Projeto de Monetização, e você pode ganhar dinheiro com ele!

Clique aqui para se cadastrar e venha com a gente!


Topo