Seu guia completo para construir APIs de sucesso e acelerar sua Transformação Digital

Monetização de APIs: uma oportunidade de inovação nos negócios

Monetização de APIs: uma oportunidade de inovação nos negócios

A quantidade de modelos de negócio centrados em APIs, especialmente na exposição de seus serviços através delas, cresce a cada dia no mercado corporativo. Isso se deve ao fato de APIs (Interfaces de Programação de Aplicações) ajudarem a formar um ecossistema de organizações parceiras, criar novos projetos, canais de venda e gerar novas fontes de valor. Tudo a partir da transação de dados entre entre duas ou mais empresas.

Todo esse processo é conhecido por monetização de APIs, no qual empresas geram lucro por meio do consumo de serviços. São as APIs que permitem que os usuários acessem seus dados e os integrem a outras aplicações e sites, sejam eles privados ou públicos. E quanto mais bem desenvolvida for a interface, melhor a empresa irá conseguir estabelecer relações na era digital.

É essencial para qualquer empresa que deseje monetizar suas APIs um modelo de negócios bem consistente antes de colocar em prática suas estratégias de gerenciamento de APIs. Afinal de contas, é uma boa gestão de APIs que fornecerá a estrutura para as metas de monetização e governança dos serviços.

Outro ponto relevante é ter consciência de que monetizar APIs é mais do que simplesmente obter lucros através delas, mas também em como mantê-las em bom funcionamento para consumo, podendo gerar valor, seja pelo seu consumo direto ou indireto. Um exemplo de monetização indireta é a oferta de insights transacionais que aceleram o negócio do parceiro, porém, para ter acesso à esses insights, é necessário transacionar através de sua plataforma omni-channel.

APIs de qualidade para monetizar

Existem diversas formas de uma empresa monetizar suas APIs, mas é preciso cuidado para não colocar em prática uma estratégia de monetização sem nem ao menos evoluir sua estratégia de APIs a fim de adquirir a experiência necessária.

É importante e bom para uma empresa lançar uma estratégia de monetização o quanto antes, contudo, antes de executar totalmente tal estratégia, a empresa deve saber priorizar suas APIs, afinal de contas se uma API não foi bem planejada, apresenta problemas de funcionalidade e não é fácil de compreender, dificilmente ela será atraente para outros desenvolvedores e empresas, ou seja, a API não seria rentável e nem sua monetização traria benefícios.

A partir desses cuidados, o planejamento e execução de uma estratégia de monetização de APIs se torna mais viável. Entretanto é preciso que as empresas tenham em mente que não há uma abordagem única para se monetizar APIs, logo provedores dessas interfaces devem sempre experimentar e se ajustar em busca de uma boa abordagem.

Algumas das funcionalidades de APIs se enquadram melhor em modelos de pagamento por uso, enquanto em outros mercados não há cobrança por consumo, sendo os dados acessados gratuitamente. Logo, na monetização de APIs, não há uma solução que possa ser usada para tudo.

Como obter sucesso na Economia de APIs

Se sua empresa apresenta interesse em monetizar APIs é preciso antes de tudo compreender como os dados se comportam para os usuários, como eles podem levar a rentabilidade para sua e outras empresas, assim como suas funcionalidades.

Não há monetização de APIs se estas não forem acessadas. Para que as aplicações sejam consumidas é necessário saber como fazer sua exposição a fim de atrair compartilhamentos. Ter a visão de como uma API pode ser útil para um nicho específico permite que esta seja incrementada de acordo com o segmento do negócio.

Além disso antes da adoção de qualquer estratégia de monetização de APIs é vital dar atenção a duas questões: mapeamento/mensuração das fontes de receitas referentes a API e também uma comparação da receita com a outros de outros clientes que não consomem a API.

Grandes empresas e Monetização de APIs

Atualmente as organizações possuem uma consciência maior de como APIs podem ser poderosas aliadas e fontes de receitas. Amazon, Google, Facebook, Twitter e Netflix são alguns exemplos de grandes empresas digitais que adotam APIs como forma de potencializar seus negócios.

No início a gigante do streaming, Netflix, apenas oferecia assinaturas, tempos depois, além de desenvolver um site responsivo, a plataforma integrou seu programa a outras tecnologias como as Smart Tvs.

A monetização de APIs, no entanto, não segue a mesma lógica para todos os modelos de negócios. Uma determinada API pode gerar mais lucro diretamente com seu uso, enquanto outras podem render mais se usadas em publicidade gratuita, focando no consumo de um produto ou serviço. Por esse motivo, as empresas precisam conhecer os modelos de negócios viáveis e como monetizar suas APIs para obter lucro.

Se cadastre no API Playbook e saiba mais sobre Fintechs, APIs, Governança e Transformação Digital, me acompanhe no LinkedIn para ler a continuação deste artigo ;)

Topo