Seu guia completo para construir APIs de sucesso e acelerar sua Transformação Digital

Como sua empresa pode se relacionar com desenvolvedores?

Como sua empresa pode se relacionar com desenvolvedores?

Reconhecer a necessidade de uma relação entre o ecossistema empresarial e o de desenvolvedores é simples, mas o maior desafio é fazer a ponte entre esses dois mundos, já que agora mais do que nunca eles precisam se apoiar nessa atual fase da transformação digital.

E como minha empresa pode chegar até esses profissionais? Como fazer parte de comunidades?

Provavelmente você pensou em procurar perfis através de consultorias especializadas, dar aquela checada no LinkedIn de diferentes profissionais e até mesmo consultar plataformas com foco no recrutamento de developers e programadores. Mas até aí estamos falando em simplesmente encontrá-los, a necessidade real é bem maior: a criação de uma rede de relacionamentos e colaboração entre ambas as partes, cujo um dos propósitos principais é a inovação.

Existem algumas formas mais indicadas para aprofundar esse contato:

1. Meetups

Você provavelmente já se deparou com essa palavra ou mesmo chegou a participar de um. Meetups são encontros mais informais e descontraídos com intuito de discutir sobre negócios de uma forma não convencional. Hoje meetups discutindo temáticas envolvendo tecnologia são muito comuns.

Nesses espaços os participantes podem conversar especialistas, trocar experiências, fazer o famoso networking, discutir as novas tendências da área e expor cases de sucesso. É uma verdadeira oportunidade para empresas que estão iniciando o contato com desenvolvedores de compreender um pouco mais sobre seu trabalho e como ele pode ser integrado à empresa. Para começar basta realizar o cadastro na plataforma Meetup e baixar o aplicativo.

2. Fóruns de discussão

Essa ferramenta presente em várias páginas da internet serve como espaço para trocar informações sobre determinado tema. A interação nesses espaços busca fomentar a discussão de um problema específico ou um assunto particular. Você deve imaginar que por se tratar de um fórum de discussão o espaço utilizado é apenas o virtual, mas hoje os debates podem ocorrer em espaços físicos também.

Ainda sim, um fórum de discussão permanece ligado ao ambiente virtual e se relaciona mais com discussões online, ou seja, troca de mensagens e opiniões acerca de softwares e problemas da sociedade.

É possível participar de fóruns de desenvolvedores de empresas como Cartão EloFacebookMercado LivreAppleIntelSamsungAmazon Twitter.

3. Eventos de tecnologia (patrocínio, promoção e criação)

Eventos de tecnologia estão se tornando mais relevantes a cada ano e simbolizam crescimento e novas oportunidades para empresas. De acordo com uma pesquisa realizada pela CWT Meetings & Events, a previsão para que eventos tech cresçam é de 5% a 10% este ano.

É importante na busca por inovação que empresas se mantenham conectadas com as novas tendências do mercado, principalmente quando falamos de transformação digital e organizações de tecnologia.

“Bater o ponto” em eventos assim é fundamental para que as empresas aproveitem oportunidades de lançarem seus produtos, se aproximarem de desenvolvedores e outros profissionais do ramo, para assim realizar networking, discutir sobre estratégias de negócios e posteriormente agregar novas abordagens para seus negócios.

Não esqueça de deixar claro os interesses e objetivos da sua empresa durante esses eventos, afinal esta é a chance de criar um canal direto com os profissionais presentes.

Os eventos podem ser pequenos ou grandes. Mas o essencial é a participação da empresa. No começo dessa relação, o que pode ser feito quando não a organização não está muito madura dentro desse ambiente é apoiar os eventos por meio de patrocínios.

Caso os eventos sejam de grande porte, sua estrutura será melhor organizada para os patrocinadores, oferecendo desde pacotes de mídia até todo suporte necessário para ações antes e durante o evento. Comparado a organizar ou frequentar meetups, esse tipo de investimento tende a ser maior, mas o retorno também.

Grandes exemplos de eventos que vale a pena você ficar de olho são EndeavorCASECampus PartyiMasters The Developers Conference (TDC). No caso do último, o TDC, trata-se do maior evento de desenvolvimento de software no Brasil. Ele conecta organizadores de meetups e eventos, patrocinadores, palestrantes e empreendedores em uma única plataforma, fortalecendo o ecossistema local de cada região onde ocorre.

Agora bons exemplos de empresas que amadureceram e se tornaram responsáveis pela criação e organização de eventos tecnologia são a Resultados Digitais, criadora do RD Summit — um dos gigantes quando falamos de eventos relacionados a Marketing e Vendas — e a Mercado Livre, responsável pelo MELIXP (Mercado Livre Experience), grande evento de e-commerce.

4. Hackathons

Outro evento que demonstra um grande nível de maturidade por parte de uma empresa é a organização de uma Hackathon. Ela reúne programadores, designers e outros profissionais ligados ao desenvolvimento de software em verdadeiras maratonas de 24hs a 48hs geralmente. O objetivo é criar novas soluções e abordagens para um problema específico ou realizar vários desafios.

As Hackathons tem se popularizado entre empresas desde seu surgimento em 1999 e já fazem parte do cotidiano de grandes organizações como Facebook e Google. Você talvez não tenha se dado conta, mas toda vez que você faz um vídeo com efeito boomerang, pede uma corrida pelo Easy Taxi ou aperta o conhecido botão de curtir do Facebook você está utilizando uma tecnologia produzida depois de muito suor, trabalho duro e litros de café em uma Hackathon.

No Brasil muitas empresas têm aderido a esse tipo de evento como uma solução para desenvolver inovação e acelerar ideias. As Hackathons podem ser internas, quando a intenção da empresa é integrar melhor seus squads ou aberta à comunidade, o que dá uma oportunidade maior de diferentes profissionais participarem e possibilita que a organização fique de olho em novos profissionais.

Gostou do artigo? Aproveita para me seguir aqui e se cadastrar no API Playbook para ter acesso à entrevistas, video-aulas e artigos voltados ao ciclo de vida de APIs, Governança e Developer Experience.

Topo