Seu guia completo para construir APIs de sucesso e acelerar sua Transformação Digital

API Management: aprenda a gerenciar suas APIs de forma prática e fácil

API Management: aprenda a gerenciar suas APIs de forma prática e fácil

As APIs são umas das grandes protagonistas da transformação digital, já que são responsáveis por revolucionar a integração de sistemas, ao mesmo tempo que auxiliam na comunicação entre diferentes tipos de plataformas eletrônicas. Se você já leu alguns dos meus artigos, já sabe do potencial gigantesco quando falo sobre APIs.

A presença dessa tecnologia é cada vez mais rotineira se você levar em consideração a evolução dos sistemas computacionais nos últimos anos, a necessidade de integração de empresas e a crescente busca por serviços oferecidos através da internet. A combinação destes fatores e outros serviu de alavanque para que grandes empresas começassem a investir na integração de interfaces usando APIs.

Como posso dar conta de várias APIs?

O volume de APIs sendo utilizadas por empresas é cada vez maior, já que tais empresas têm se tornado mais abertas em relação aos seus dados e buscam com isso a expansão de seus produtos através de uma rede de parceiros.

Logo é preciso cuidado ao se trabalhar com a comunicação entre vários sistemas, especialmente pela questão de segurança de dados.

Não há como negar a praticidade das APIs, mas ainda sim elas permitem a exploração de falhas por sujeitos mal intencionados. Isso acontece porque parte da documentação que trafega pelas APIs é aberta e pode fornecer pistas sobre como se dá o funcionamento interno de algumas aplicações.

Outro ponto de atenção é que implementações pouco seguras de APIs são alvos fáceis de hackers.

O gerenciamento de diversas APIs, no que concerne sua criação e execução, deve ser também uma preocupação. Por esse motivo, se apoiar em um API Manager é vital para diminuir a exposição dos sistemas da sua empresa. Eles tornam o processos mais simples e dão suporte às equipes de desenvolvedores.

O que é um API Manager?

Um API Manager é um software que implementa uma camada de gestão sobre um API Gateway, adicionando recursos para ajudar a gestão e visualização de dados. Alguns dos resultados são geração de estatísticas de uso de APIs e gerenciamento do ciclo de vida de APIs.

Além de incluir a função Gateway, um API Manager oferece outras possibilidades para melhorar a gestão de suas APIs:

  • Dashboards com Insights corporativos de APIs
  • Acompanhamento do ciclo de vida das APIs
  • Prototipação de APIs
  • Monetização das APIs

Ferramentas de gerenciamento de API

No momento dispomos de várias ferramentas para a gestão de API no mercado, que ajudam a catalogar e fazer pesquisas sobre determinada API. Elas também permitem que desenvolvedores de APIs verifiquem se por acaso há outra API com características similares àquela em desenvolvimento. Isso é muito importante para poupar energia e recursos financeiros.

Ferramentas de gestão de APIs também apresentam função de organizar, gerenciar o ciclo de vida de APIs, o que representa não somente publicação e controle de todas as suas versões, mas também as migrações e fluxos de aprovação.

Além disso, outras ferramentas oferecem monitoramento de segurança, tráfego e performance, servindo como proxy de execução de APIs. Algumas das empresas que oferecem essas ferramentas são Apigee, IBM API Management, Microsoft Azure API Management, 3Scale, Kong (open-source e enterprise), Mulesoft, Software AG, 3Scale by RedHat e a nacional Sensedia.

Tais ferramentas são capazes de centralizar suas APIs e permitir a criação de procedimentos de automação, build e release destas sem impacto para quem faz uso delas.

A possibilidade de controlar um ambiente a fim de garantir um bom desempenho, latência baixa e escalabilidade para as APIs também integram os benefícios do uso de uma plataforma de gestão de APIs.

Através de uma plataforma de gerenciamento, você também poderá disponibilizar as APIs em um portal, simplificando sua distribuição e consumo.

Dentre os principais recursos de uma ferramenta de gerenciamento de APIs estão:

  • Controle de acesso as APIs
  • Proteção de APIs
  • Criação e projeto de APIs
  • Suporte a modelos híbridos
  • Portal de desenvolvedores personalizável
  • Alta performance

5 ótimos motivos para investir em uma plataforma de gestão de APIs

Vou apresentar a você algumas das razões que justificam a adoção de uma plataforma de gerenciamento de APIs:

1. Plataforma Robusta

As APIs conseguem realizar diferentes tipos de integração de funcionalidades, mas ainda sim é necessário que o sistema sustente o elevado volume de requisições e, principalmente, os registros das mesmas, facilitando o debugging e também para construção de dashboards para gestão.

Juntamente com o aumento das possibilidades das APIs há também a complexidade desse processo. Assim é importante contar com uma plataforma de gerenciamento para dar suporte às conexões

2. Simplificação de transações

APIs são sinônimo de facilidade quando estamos falando sobre transações de dados entre sistemas e com o apoio de uma plataforma de gerenciamento, é possível assegurar cada vez mais integrações.

3. Autonomia de equipe

A equipe técnica também sai ganhando com o uso de um API Manager, já que passam a ter mais autonomia para alocar recursos, gerenciar transações e acessar serviços. Ao dar autonomia para os times, é possível implementar o conceito de Governança Federada, onde a empresa determina padrões mínimos de implementação, e ao mesmo tempo, o time possui autonomia de gestão e publicação desde que respeite os padrões estabelecidos.

4. Formatos amigáveis

APIs permitem que serviços de aplicativos mais complexos sejam convertidos em formatos mais “amigáveis” para desenvolvedores.

Normalmente, esse processo envolve o uso de um Gateway ou de SOA para converter automaticamente os dados de serviços baseados em SOAP em APIs RESTful.

5. Melhor gestão dos desenvolvedores

Na gestão de APIs você deve lembrar da importância da concessão de recursos para que a equipe de desenvolvedores possam criar aplicações de valor. Nada melhor e mais eficiente que a capacitação da sua equipe através de colaboração interativa e digital.

Uma boa medida é a criação de um portal que simplifique o registro de APIs e promova engajamento da equipe. Isso irá facilitar o compartilhamento de códigos e amostras assim como a realização de fóruns de discussão.

Ferramentas de help desk também colaboram para uma boa gestão de equipes e até otimizam o serviço de gerenciamento de APIs.

Existe plataforma de gestão de APIs ideal?

Antes de mais nada você deve analisar quais são de fato as necessidades de seus times para assim escolher a melhor plataforma de gerenciamento de APIs.

Se seus desenvolvedores criam APIs para uso de sistemas internos, existem algumas ferramentas indicadas especificamente para isso. No entanto, se seu time é responsável pela disponibilização de APIs públicas, por exemplo, a fim de expandir ecossistemas e firmar parcerias, os tipos de plataformas de gestão ideais serão diferentes.

Se você quer saber mais sobre APIs, me siga aqui  na Prensa e se cadastre no API Playbook pata ter acesso à entrevistas, video-aulas e materiais voltados ao ciclo de vida de APIs.

Topo