Programador: Uma profissão para “servir”