Apresentando o B4A - IDE gratuita para criar aplicativos Android

Apresentando o B4A - IDE gratuita para criar aplicativos Android
Imagem: reprodução

Muitas pessoas têm o sonho de criar aplicativos. Talvez não seja exagero dizer que a programação é o novo inglês. Além disso, podemos afirmar que em breve este será um requisito básico para qualquer pessoa entrar no mercado de trabalho. Também podemos não estar longe do dia em que a lógica de programação e o desenvolvimento de aplicativos se tornará matéria obrigatória já nos primeiros anos da escola. Em muitos países isso, inclusive, isso já é uma realidade.

No entanto, ao contrário da língua inglesa, a programação é um território muito mais complexo. Se o idioma oficial da terra da Rainha é uma espécie de língua universal falada de forma oficial ou comercial em dezenas de países, em relação à programação não podemos dizer o mesmo. Por enquanto não existe uma linguagem de desenvolvimento móvel ou desktop com o mesmo status.

Por outro lado, há linguagens bastante populares no mundo todo para a criação de jogos e apps para celulares. Podemos citar o JavaScript, C#, Python, Swift e o Java, entre outras. Esta, aliás, ocupa lugar de destaque quando o assunto é desenvolvimento mobile. De acordo com dados recentes do Octoverse, ela ocupava o 3.º lugar no ranking de linguagens de programação mais usadas.

Java é a linguagem por trás do sistema operacional móvel da Google, o Android, presente em smartphones de marcas como Samsung, Xiaomi, Motorola e LG. Ao lado do iOS da Apple, ele é um dos sistemas operacionais móveis mais utilizados do mundo. De acordo com o stascounter, o SO está presente em quase 72% dos celulares vendidos no mundo todo.

Não é por acaso que o mercado de desenvolvimento de aplicativos e jogos para Android é um dos mais importantes do mundo. Cada dia mais empresas investem na criação de apps para a plataforma. A maior parte utiliza o IDEs de desenvolvimento como Eclipse e Android Studio. Por ser multiplataforma, e permitir que um mesmo código seja reutilizado para criar programas em sistemas operacionais distintos como Windows, Linux e Android, o Java encontrou boa utilização no mercado.

Apesar da popularidade do Java e de sua grande utilização, a linguagem pode ser complicada de aprender para quem não é um programador experiente. Iniciantes no mundo do desenvolvimento podem se sentir desencorajados ao se deparar pela primeira vez com a linguagem.

Outro ponto negativo das principais IDEs usadas é a exigência de hardware mais robusto. Muitos programadores, principalmente no começo da carreira, possuem PCs fracos e com hardware defasado.

Felizmente, existem alternativas. Não só para quem não tem tempo ou disposição para aprender a linguagem Java como para aqueles que não têm um computador de última geração e alto desempenho.

Algumas dessas alternativas envolvem a criação de app híbridas utilizando linguagens como HTML5 e Javascript. Muitas empresas lançam mão dessa solução sem nenhum problema. No entanto, o desempenho final de aplicativos híbridos pode ser insuficiente.

O ideal, tanto para programadores iniciantes seria pode utilizar uma linguagem de programação mais amigável, e ainda conseguir compilar para código nativo, muito mais estável e com melhor desempenho.

Isso existe? Claro que sim. E este é o objetivo deste artigo (e dos próximos): mostrar como qualquer pessoa com conhecimentos básicos de programação pode criar seus próprios aplicativos e jogos para celulares.

Mas, afinal, do que eu estou falando? Que ferramenta é essa que permite tal façanha? O nome dela é B4X, uma suíte de desenvolvimento criada pela empresa israelense Anywhere Software. Através dela é possível utilizar uma variação do Visual Basic para gerar aplicativos para Mac, Windows, Linux, Android, iOS, Arduino e Raspberry Pi.

O B4X é formado por diferentes IDEs, cada qual com seu objetivo. O B4J, por exemplo, permite criar programas que rodam no Windows e Mac. Já o B4i, a criação de apps para iOS e que rodarão no iPhone e iPad. Por sua vez o B4A permite a criação de aplicativos e jogos destinados à plataforma Android. Devido à sua simplicidade e facilidade de produção trata-se de uma ótima alternativa ao Android Studio.

Outra vantagem dessas IDEs é que são todas gratuitas, com exceção do B4i. Nesse caso, para criar aplicativos para iPhone e Android é necessário ter um computador da Apple (iMac ou Macbook, por exemplo) e um dispositivo com iOS 10 ou superior. Outra opção, para quem não tem um Mac é utilizar um serviço de compilação na nuvem.

Nos próximos artigos vamos ver quais os requisitos e como configurar o computador e instalar os softwares necessários para começar a programar utilizando o B4A. Em seguida, vamos criar nosso primeiro aplicativo Android com ele.


Quer escrever na Prensa?

Junte-se a uma comunidade de Creators que estão melhorando a internet com artigos inteligentes, relevantes e humanos. Além disso, seu artigo pode fazer parte do Projeto de Monetização, e você pode ganhar dinheiro com ele!

Clique aqui para se cadastrar e venha com a gente!


Topo